Últimas notícias

“Beijinho no ombro”: Professora de Contagem faz paródia durante manifestação e vira destaque nas redes sociais

Um vídeo divulgado na última quarta-feira (9) tem chamado a atenção de internautas em todo o país. Uma professora do sistema público de ensino de Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte, fez uma paródia da música “Beijinho no ombro”, da funkeira Valesca Popozuda, criticando a postura da administração municipal com os assuntos ligados à educação na cidade.

A música, cantada durante um protesto da categoria, já virou hit nas redes sociais. “Beijinho no ombro para aqueles que se escondem / Beijinho no ombro pra quem tem medo da educação / Beijinho no ombro pros corruptos aos montes / Beijinho no ombro quero a valorização”, diz o refrão da paródia.

Segundo o Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE/MG) afirmou, a categoria está em estado de greve e, desde fevereiro, o grupo entregou uma pauta de reivindicações para a Prefeitura, mas ainda não obteve nenhum retorno.

Os servidores pedem reajuste salarial de 19% e recebimento de auxilio transporte em dinheiro, e não no cartão “Ótimo”, que funciona apenas em Contagem. Além disso, eles também desejam melhorias na estrutura física das escolas e questões de segurança.

10 Comments on “Beijinho no ombro”: Professora de Contagem faz paródia durante manifestação e vira destaque nas redes sociais

  1. Putz a té quem usaram essa porcaeia de ''música'' de um jeito mais justo…Parabéns para os professores.

    Gostar

  2. o problema é que brasileiro leva td na brincadeira, protesto tem que ser sério, e usar de meio pouco cultural naum va ajudar ninguem, protestem nas urnas, nas ruas mas com seriedade, olhem esses paises que fazem protestos, naum tem ninguem cantando musiquinha, naum tem ninguem brincando com coisas serias……. o dia que opovo der valor no poder em que tem ai sim esse pais sai da vergonh…

    Gostar

  3. Lucy InDsky Dias // 13 de abril de 2014 às 01:00 // Resposta

    Muito melhor que a versão original!

    Gostar

  4. grava essa ai fia ficou top melhor q aquele funk horroroso

    Gostar

  5. Fabio Zoldyck Miranda // 13 de abril de 2014 às 06:14 // Resposta

    Acha que se a musica/protesto dela não repercutir pelo brasil não tem mais chances dela ser ouvida e de mudar algo, principal objetivo do protesto ser ouvido :D

    Gostar

  6. Verdade. Nos países sérios não se ver paródia com músicas bestas que surgem de uma hora para outra. A grande maioria dos brasileiros adoram dar moral para futilidade. Reivindicam grandes causas usando como referencial uma podridão cultural que são essas musiquinhas debilóides. Isso só rebaixa ainda mais as classes reivindicadora dos seus direitos. Povo, povo!! Vamos ser mais inteligentes! ir para as ruas protestar de forma inteligente! Afinal de contas, políticos odeia gente inteligentes, mas riem de grandes palhaçadas, como estas!!

    Gostar

  7. Adorei esta maneira de protestar, sem bagunça e sem palavrões, um jeito educado de pedir a valorização dos professores.Presidente da República,Senadores, deputados, prefeitos e seus secretariados para chegarem a esses cargos tiveram que passar pelas mãos de PROFESSORES, porque ninguém nasce sabendo.Como nós PROFESSORES somos IMPORTANTES!!!!!!!!!!!!!!!

    Gostar

  8. E bota valor nisso tia!!!

    Gostar

  9. Uma dica. Trabalha de verdade e depois o seu salario aumenta naturalmente.
    A realidade da educação pública é: PARALIZAÇÂO em véspera de feriados…. E quando é dia letivo o professor não está em sala de aula, no lugar dele encontra-se um estagiário enquanto o "Pseudo professor relaxa" e o pior de tudo, pode ir até a escola e ver a lista de presença…. a assinatura do mau caráter está lá, mas ele não.

    Gostar

  10. Uma dica. Trabalha de verdade e depois o seu salario aumenta naturalmente.
    A realidade da educação pública é: PARALISAÇÃO em véspera de feriados…. E quando é dia letivo o professor não está em sala de aula, no lugar dele encontra-se um estagiário enquanto o "Pseudo professor relaxa" e o pior de tudo, pode ir até a escola e ver a lista de presença…. a assinatura do mau caráter está lá, mas ele não.

    Gostar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.