Home Notícias Política Número de deputados federais pode cair dos atuais 513 para 404

Número de deputados federais pode cair dos atuais 513 para 404

Como proposta de uma das soluções da crise econômica pela qual o Brasil passa, o senador Álvaro Dias (PV-PR) apresentou em novembro de 2016 uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que reduz o número de deputados federais de 513 para 404. Na quinta-feira (5), o Senado começou a analisar a proposta.

Denominada PEC 38/2016, a proposta propõe a redução do número mínimo de deputados federais por Estado de oito para quatro e o número máximo de 70 para 50. A PEC não prevê diminuição do Senado.

Vale lembrar que o número de deputados que cada unidade federativa leva à Câmara é proporcional ao número de sua população. São Paulo, o mais populoso, hoje tem 70 deputados federais; já Roraima, o menos populoso, tem oito. Diferentemente do Senado, que cada Estado tem 3 representantes na casa, independente de fatores externos.

O projeto estabelece que o limite mínimo de quatro deputados nos Estados menos populosos será atingido de forma gradativa, no quarto pleito após a promulgação da Emenda Constitucional. A mesma regra valerá para as unidades da Federação com número de deputados superior ao mínimo proposto.

Para o autor da proposta, a PEC tem o objetivo de diminuir um “grave problema de representatividade” e a consequente diminuição dos gastos públicos. Álvaro argumentou apresentando dados acerca da sobre-representatividade de Estados menores mostrando que em São Paulo, por exemplo, há um deputado para cada 628 mil habitantes, enquanto em Roraima há um para cada 64 mil.

Em 2015, o gasto com o Legislativo representou 0,3% do total das despesas da União. Os juros e a amortização da dívida pública e a previdência social lideram o ranking dos gastos, representando cerca de 42% e 23%, respectivamente.

Com Agência Senado

Comentários

Carregar mais em Política