Home Colunas Comicidade 30 regras não escritas (até então) do Stand Up

30 regras não escritas (até então) do Stand Up

Eu só acho válido ser tão categórico a ponto de fazer uma lista assim porque não fui eu que escrevi. Eu só traduzi. Então a responsabilidade fica com Dan Rosenberg, o autor da lista.

Esta é a tradução feita por mim do capítulo 5 do livro “How Not To Suck As An Emcee” (tradução muito livre: “Como não ser um MC de merda ruim”).

O livro, escrito pelo comediante estadunidense, trata da prática de ser o apresentador (host) de um show de stand up.

No cenário americano é muito comum um comediante ficar por conta apenas de apresentar o show e trazer os comediantes da noite, inclusive a atração principal (headliner).

Apesar do foco do livro não ser o stand up de uma forma geral, ele traz essas “regras” (diretrizes) que dizem respeito a todo o cenário e a prática do stand up.

Espero que gostem, já que a maior parte das dicas pode ser aplicada à conduta profissional de qualquer tipo de carreira.

#1 – Não seja um Hack (aquele que copia piada/usa anedota).Esse é o número um porque é TÃO importante. “Hack” vem da palavra inglesa “Hackeneyed”, que significa “muito utilizado, logo, trapaceado”
Comida de avião é ruim? Você entendeu o ponto!

#2 – Seja legal com outros comediantes não importa em qual nível eles ou você estejam

#3 – Suba no palco tanto quanto for possível.
Não existe outra maneira de melhorar do que apresentar tanto quanto for possível. Nunca pense que é muito bom para fazer um open mic ou um show numa “porcaria” de barzinho… Suba no palco!

#4 – Escreva TODO dia!
Apenas registre pensamentos num caderno ou blog se nada mais. Você achará comédia em todo lugar!

#5 – Nunca faça isso por dinheiro e fama!
E tenho dito.

#6 – Se torne (e permaneça) um estudante de comédia.
Aprenda tudo que puder sobre esse negócio!
(veja #7)

#7 – Nunca pare de fazer perguntas!
(veja #6)

#8 – Não se preocupe com o que outros comediantes estão fazendo.
Ou quais trabalhos eles estão conseguindo.
Continue trabalhando duro e sua vez chegará!

#9 – Nunca faça piadas com o lugar em que está trabalhando!
Faz você ser mal visto. Por que um comediante tão “bom quanto você” está trabalhando nessa espelunca?

#10 – Faça marketing de você diariamente!
Você não conseguirá mais trabalho se ninguém sabe que você existe!
Tenha um site, uma conta no MySpace (facebook seria uma boa atualização rs) e colete e-mails em cada show. Quanto mais você se promove, mais shows consegue! Anuncie CADA show que você faça parte como se fosse seu próprio show! Porque é, na verdade!

#11 – Se não estíver se divertindo, DESISTA!
Ache algo que você ame fazer e faça-o em vez disso.

#12 – Se você não está sendo criticado, você não está sendo notado

#13 – Omitido para evitar má sorte.

#14 – Dê seu melhor em todo show!
Não importa o lugar, pagamento ou tamanho da plateia.

#15 – Saiba sua posição no show.
O comediante principal ou o que encerrará é a verdade estrela do show. Respeite-o e você trabalhará com ele novamente!

#16 – Seja persistente!
Persistência e tenacidade são MUITO importantes! Se você é preguiçoso, terá que contar com a sorte!

#17 – Confirme TODOS seus shows por escrito!
Não suponha NADA! Um rápido e-mail pode salvar seu tempo e mais importante, dinheiro!

#18 – Quando em dúvida, deixe de fora!

#19 – Prometa pouco e entregue muito!
Não há nada pior que escutar um comediante se gabar sobre quão bom ele é apenas para finalmente vê-lo se apresentar e ser totalmente ruim!

#20 – Não se esqueça de para quem você está trabalhando!

#21 – Tudo bem bombar (*ter uma apresentação ruim, ir mal) no palco!
Henny Youngman é citado por dizer: “Você precisar morrer mil mortes antes de você conseguir!” Vá lá fora e comece a bombar!
Acontece com todos, aprenda com isso!

#22 – Mova o maldito pedestal da sua frente!
Nada parece mais amador do que um comediante que pega o microfone do pedestal e apenas o deixa bem na frente dele. Além de tudo, isso distrai.
(Ah, e se você é uma pessoa “grande”, a fala “Deixe-me tirar isso aqui da frente para que possam me ver melhor” tem sido usada até a morte!)

#23 – Quanto mais você dá, mais você recebe.
Ajude seus companheiros comediantes e não faça tudo ser sobre VOCÊ.

#24 – Grave TODO set.
Grave se possível e de fato assista-o! (veja #25)

#25 – Se não pode sair e apresentar, veja ou escute um velho set gravado.
Pense nisso como uma esteira. Você não está correndo de verdade, mas você está.

#26 – Seja legal com pessoas que não podem ajudar sua carreira.

#27 – Sempre se divirta!
Isso será refletido em sua apresentação e em sua vida!

#28 – Quanto mais rápido você sobe, mais rápido você cai!
Sua carreira de comédia é uma jornada, não um destino. Aproveite o passeio!

#29 – Fique sóbrio!
Se você tem que beber, beba depois do show… Não antes!

#30 – Engraçado é engraçado!
Parece tão simples, ainda assim pessoas complicam! A plateia está rindo? Então é engraçado… Se não, não tão engraçado!

Não se trata de um dogma para ser seguido à risca, mas acredito que essas “regras” são bons norteadores para uma carreira, principalmente em entretenimento.

Eu só adicionaria uma 31ª regra: “Toda e qualquer regra deve ser revista e questionada”.

Aí fica a seu critério segui-la ou questioná-la, de qualquer forma você encontrará um paradoxo lógico.

Comentários

Carregar mais em Comicidade