Home Carnaval 2017 Blocos de Carnaval e ambulantes lançam carta contra ‘monopólio da Ambev no Carnaval de BH’

Blocos de Carnaval e ambulantes lançam carta contra ‘monopólio da Ambev no Carnaval de BH’

protestos contra patrocínio bh

Após polêmicas envolvendo a restrição de bebidas, a Prefeitura e a Ambev liberaram a venda de Catuaba no Carnaval oficial da cidade. No entanto, o afrouxo às normas não aliviou os ambulantes, que, junto a 30 blocos de Carnaval, se uniram em uma Carta de Repúdio ao patrocínio do evento e planejam uma manifestação nesta sexta-feira (17) em frente a Belotur.

A carta, assinada por ambulantes e representantes dos blocos, salienta o caráter popular do Carnaval de BH. “O Carnaval de Belo Horizonte vem se reinventando com blocos desejosos por liberdade, respeito às minorias, construído por pessoas (e não por empresas) e pra todo mundo, sem cordão, sem abadá, a maioria deles sem patrocínio, como um movimento de resistência e luta através de manifestações culturais das mais diversas”, diz trecho do documento.

Reprodução/Facebook

O manifesto faz ainda algumas demandas à Belotur, como o direito dos ambulantes comercializarem bebidas de qualquer marca e a liberação das ruas fechadas e garantia de livre trânsito de foliões e ambulantes.

Além da carta, tais organizações pretendem realizar uma manifestação nesta sexta-feira, em frente a sede da Belotur, às 9h. “Os ambulantes irão com as credenciais e caixas de isopor vazias e os blocos levarão os instrumentos. Ainda não sabemos se caminharemos para Prefeitura, mas vamos pressionar a Belotur”, contou Michelle Barreto, produtora do Corte Devassa.

Procurada, a Ambev preferiu não se manifestar sobre o assunto. O Bhaz procurou a comunicação da Prefeitura de Belo Horizonte e tentou contato com a Belotur, mas não obteve retorno até a publicação desta reportagem.

Atualizada às 06:30 do dia 17/02/2017

Comentários

Carregar mais em Carnaval 2017