Home Colunas Comicidade Quero ser comediante, e agora?

Quero ser comediante, e agora?

Ano passado eu fui jurado em um concurso de novos comediantes (open-mics). Sou contra concursos de humor, principalmente entre iniciantes. Mas, já que o concurso ia acontecer de qualquer jeito, me pareceu uma ótima ideia que eu estivesse no júri – e eu precisava do cachê.

No dia da competição um dos opens me marcou no Facebook brincando sobre estar com medo de minhas críticas. Respondi que meu objetivo naquela noite era fazer pelo menos duas pessoas desistirem de comédia. E que tudo bem se eu fosse uma delas.

Fazer comédia não é fácil. Nem deveria ser. Pelo menos não da maneira honesta: com piadas próprias, escritas com suor e frustrações.

No início desta coluna eu fiz um post com 10 dicas ~fundamentais (rs) pra quem quer fazer comédia stand up. Apesar do artigo abordar muita coisa, decidi fazer um passo a passo pra quem está interessando por comédia e não sabe por onde começar.

Vamos lá:

Estude

Apenas a palavra “estudar” já afasta muita gente. Apesar do que o sistema educativo possa ter te ensinado em sua vida, acredite: estudar ainda pode ser algo realmente estimulante.

Estudar comédia stand up é buscar conhecer sua história, assistir comediantes de vários estilos e culturas, ler sobre a teoria da comédia, tentar entender as técnicas e métodos.

Escreva

Escreva sempre. De um milhão de piadas que você escrever, algumas serão boas. Dessas, algumas poucas farão outras pessoas rirem. Talvez eu tenha exagerado, mas deixei num número baixo como um milhão pra não desmotivar ninguém.

Escreva coisas novas e trabalhe suas coisas “antigas”. Nenhum texto está morto ou deveria estar.

Conheça os comediantes

Quem faz show na sua cidade? Quais deles você gosta mais (ou acha menos ruim)? Se aproxime da cena, busque oportunidades de palco (open-mics) em shows que já existem. Peça conselhos.

Por outro lado, não mande um texto pra um comediante ou peça críticas se você não quiser realmente ouvir críticas e na verdade quer apenas mostrar algo que fez.

Não espere risadas e aprovação dos seus colegas, pra isso você já tem a plateia. Procure e abrace as críticas, independentemente de estar começando ou não.

Calma

Repita os três primeiros passos (estudar, escrever, buscar open-mics e contatos) pelo tempo que for necessário. O tempo que for necessário para você sentir que outros comediantes já te consideram bom de verdade e te oferecem mais tempo de palco. E o mais importante: quando você conseguir manter uma apresentação regular (15-20min) de verdade.

Não se iluda nessa parte. A única coisa que realmente pode parar um comediante novato de estar sempre melhorando é ele mesmo. E é o que mais acontece, pessoas que fazem dez shows (ou às vezes bem menos) e já se consideram prontas. Já fecham apresentações em bares e estagnam suas carreiras por não deixar tempo ou espaço para o aprendizado.

Se você quer fazer comédia, dedique-se de verdade, com humildade, ou largue. Se parece loucura pra você ficar apresentando sem ganhar dinheiro por um tempo, só aprendendo; se parece horrível demais a ideia de ficar escrevendo várias piadas pra poucas funcionarem e a frustração ser uma companhia diária; se parece mais fácil pelo menos começar com piadas de outros comediantes… desista.

Eu fico muito feliz de poder ajudar um comediante em seu início de carreira e duas vezes mais feliz em ajudar alguém a perceber que não deveria fazer comédia.

Acompanhe o Bhaz também no Youtube assinando nosso canal.

Comentários

Carregar mais em Comicidade