Home Carnaval 2017 Foliões produzem 840 toneladas de lixo e PBH usa 710 mil litros de água para lavar a cidade

Foliões produzem 840 toneladas de lixo e PBH usa 710 mil litros de água para lavar a cidade

Garis da SLU (Superintendência de Limpeza Urbana) retiraram 840 toneladas de lixo das ruas de Belo Horizonte durante a temporada de folia, entre 11 e 28 de fevereiro. Conforme dados divulgados pelo órgão da administração municipal nesta sexta-feira (3), foram mobilizados, durante o período, cerca de 600 agentes na limpeza das vias.

Somando a motoristas, ajudantes e coordenadores, entretanto, a SLU estima que aproximadamente mil servidores trabalharam para reduzir a sujeira deixada após o desfile dos blocos. A atuação dos agentes ocorria sobretudo durante a madrugada, após a dispersão dos foliões.

Apesar do alto volume de resíduos, a SLU informou que foram distribuídos aproximadamente 550 contêineres para armazenamento de lixo e 26 mil lixeiras fixadas nos principais pontos de concentração.

No período de atuação dos garis — entre o pré-Carnaval e o último dia de folia — Belo Horizonte recebeu aproximadamente 3 milhões de foliões que acompanharam os quase mil blocos carnavalescos em cortejo pelas ruas da capital. Segundo a prefeitura, no ano passado, quando a capital recebeu um menor volume de foliões, foram retiradas 380 toneladas de lixo das ruas — menos da metade do que foi registrado neste Carnaval.

Para lavar as vias após os desfiles dos blocos, a prefeitura precisou de um total de 710 mil litros de água e 473 mil litros de desinfetante. Esse volume de água, conforme esclareceu a SLU, foi cedido pela Copasa (Companhia de Saneamento de Minas Gerais) e captado no Manancial Mutuca, em Nova Lima, na região metropolitana de Belo Horizonte.

 

Comentários

Guilherme Scarpellini

Guilherme Scarpellini é redator de política e cidades no Portal Bhaz.

Carregar mais em Carnaval 2017