Home Notícias BH Faixa com erro de português e pouco movimento marcam inauguração do fechamento da Getúlio Vargas

Faixa com erro de português e pouco movimento marcam inauguração do fechamento da Getúlio Vargas

O último domingo (19) foi marcado pelo fechamento da avenida Getúlio Vargas, na altura da Praça da Savassi, para lazer da população no espaço. O projeto é uma ação da prefeitura da capital e tinha como previsão ser inaugurado em abril, mas foi antecipado para o fim de semana passado.

A proposta, que pretende atrair famílias, ciclistas, skatistas e quem mais queira desfrutar do espaço público, no entanto, não teve grande adesão no último domingo. A informação desencontrada, já que a antecipação da inauguração do projeto não teve divulgação, foi apontada como o principal motivo para o fracasso de público.

Além do movimento decepcionante, a faixa de sinalização da BHTrans se tornou assunto nas redes sociais. O nome do ex-presidente Getúlio Vargas, topônimo da avenida, foi escrito com a letra “j”. Além disso, a rua “Professor Moraes” está sinalizada como “Morais”.

Reprodução/Instagram

A BHTrans enviou para a redação do Bhaz uma nota na qual esclarece que a faixa foi confeccionada por uma empresa terceirizada. Além disso, também mostrou o croqui que deveria servir de base para a produção da peça e não continha os erros ortográficos. “Infelizmente estas orientações não foram seguidas à risca”, pontuou o órgão.

Divulgação/BHTrans

 

Comentários

Rafael D'Oliveira

Jornalista e redator do portal Bhaz

Carregar mais em BH