Home Guia Bhaz Prefeitura de BH lança ações de valorização da cultura negra através da arte

Prefeitura de BH lança ações de valorização da cultura negra através da arte

O dia 21 de março é considerado pela Organização das Nações Unidas (ONU) o Dia Internacional de Luta pela Eliminação da Discriminação Racial. Nesta terça (21), a Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) lança ações e reflexões de valorização da cultura negra. A data será celebrada com intervenções artísticas, o 9º Festival de Arte Negra (FAN) e o lançamento da temporada FAN 2017.

O evento de abertura acontece nesta terça (23), a partir das 9h, no Teatro Francisco Nunes. Haverá apresentação do grupo Samba do Terreiro, reverenciando o ritmo do samba. Além do espetáculo “Osilo Upaka”, uma criação coletiva de monitores do Programa Escola Integrada. Ainda tem programações artísticas durante todo mês de março.

9º Festival de Arte Negra (FAN)

O festival esse ano promete dar o enfoque para as mulheres. Pretende reunir várias ações artísticas e culturais que destaquem a mulher negra em várias partes do planeta, com maior enfoque na África e BH.  

Confira a programação para o mês de março:

cultura negra
Divulgação

 O Festival de Arte Negra (FAN) é realizado bienalmente em Belo Horizonte, trazendo à população a expressão artística da cultura africana, por meio de seminários, oficinas, música, teatro, cinema, artes plásticas, literatura e outras atrações. O festival reúne artistas, grupos e estudiosos brasileiros e de outros países da diáspora negra. O FAN é promovido pela Prefeitura de Belo Horizonte por meio da Fundação Municipal de Cultura.

Lançamento da temporada FAN 2017

A Temporada FAN abrange uma série de atividades durante o ano sob a temática das artes negras, numa programação construída por produtores privados, com a chancela da Fundação Municipal de Cultura, e com o apoio do Festival de Arte Negra – FAN. A ideia é que o evento tenha um caráter de permanência, dando continuidade, para além do Festival de Arte Negra (realizado bienalmente) ao cenário artístico e cultural das artes negras.

21 DE MARÇO

Instituído pela Organização das Nações Unidas, o Dia Internacional de Luta pela Eliminação da Discriminação Racial lembra o massacre ocorrido no dia 21 de março de 1960 na cidade de Johanesburgo, África do Sul. Na ocasião, 20 mil pessoas protestavam contra a lei do passe, que os obrigava a portar cartões de identificação, especificando os locais por onde eles podiam circular, quando tropas do exército atiraram contra a multidão, matando 69 pessoas e ferindo outras 186. A ação ficou conhecida como o Massacre de Shaperville.

Para além de uma comemoração, 21 de março é uma data para lembrar, discutir e refletir sobre a situação dos afrodescendentes no que se refere à conquista de direitos, ao acesso aos bens e riquezas culturais e materiais, e à permanência nos espaços de representatividade política.

Programa de certificação em prol da igualdade racial

Além do lançamento da temporada Fan e do 9º Festival, também acontecerá o lançamento do Selo de Promoção da Igualdade Racial. A finalidade é estimular e apoiar empresas, associações ou entidades que sejam ativos no campo da promoção da igualdade racial, do enfrentamento do racismo e da discriminação etnicorracial.

A cada dois anos, aquelas que se destacarem com ações voltadas para promoção desses valores, ganham o selo. Ao recebê-lo, essas empresas, associações  e entidades assumem o compromisso de desenvolverem ações de combate ao racismo e promoção da igualdade racial em seu ambiente de trabalho.

As ações são uma parceria entre a Fundação Municipal de Cultura, a Secretaria Municipal de Educação e a Secretaria Municipal de Políticas Sociais.

Acompanhe as novidade no Facebook. 

 

Comentários

Carregar mais em Guia Bhaz