Home Seções Farsa ou Fato [Farsa ou Fato] Kopenhagen dá ovo de Páscoa e Boticário libera vale-presente de R$ 500?

[Farsa ou Fato] Kopenhagen dá ovo de Páscoa e Boticário libera vale-presente de R$ 500?

Nos últimos dias, duas mensagens viralizaram pelo WhatsApp por oferecer prêmios para os usuários que respondessem a um questionário online. Uma das supostas campanhas promete um vale-presente de R$ 500 nas lojas O Boticário. Outra garante um ovo de Páscoa grátis nas lojas Kopenhagen. Porém será que se trata de uma farsa ou um fato?

Bem… Mais de 350 mil brasileiros já acessaram os links que viralizaram para tentar garantir a participação nas promoções.

Reprodução/PSafe

A lógica das supostas campanhas é a mesma. As mensagens orientam os usuários a clicar em links. Nas páginas, eles devem responder a perguntas e, em seguida, indicar amigos para participar das iniciativas. Por fim, têm acesso aos vales.

Reprodução/PSafe

Infelizmente, os usuários foram surpreendidos, na última quinta-feira (6), com a informação de que as iniciativas não são verdadeiras. Portanto, trata-se de uma FARSA.

De acordo com a PSafe, empresa brasileira líder em segurança e performance mobile, o golpe está sendo disseminado via aplicativos de mensagem. Emilio Simoni,  gerente de segurança da companhia, explica que as campanhas falsas têm o objetivo de coletar dados dos usuários. “São estratégias dos hackers e cibercriminosos para atingir um maior número de vítimas”, explica.

A Kopenhagen também se posicionou contra a campanha em sua página oficial no Facebook.

Em nota, O Boticário também alertou os usuários sobre a falsa campanha.

“O Boticário informa que a mensagem que está circulando em grupos de Whatsapp, com link para um vale-compras de R$ 500, é falsa. A única campanha em vigência é a que estimula as consumidoras a convidarem amigas a se cuidarem com Cuide-se Bem Nuvem e que presenteia – consumidora e amiga indicada – com uma loção de 100 ml da nova linha de Cuidados Pessoais do Boticário, após cadastro no hotsite oficial da campanha. A empresa está tomando providências necessárias e orientando seus consumidores por meio de seus canais oficiais”, diz o comunicado da empresa.

Para evitar transtornos, o gerente da PSafe recomenda um comportamento preventivo ao navegar na internet. Por exemplo, manter o sistema operacional dos smartphones atualizados, só fazer download de apps oficiais e desconfiar de promoções exageradas que chegam por mensagens. “Se possível, o ideal é checar essas informações diretamente com a empresa”, diz.

Comentários

Rafael D'Oliveira

Jornalista e redator do portal Bhaz

Carregar mais em Farsa ou Fato