Home Notícias BH Estudante é sequestrada na Cristiano Machado após sair de escola, levada a cativeiro e estuprada

Estudante é sequestrada na Cristiano Machado após sair de escola, levada a cativeiro e estuprada

Uma estudante de 14 anos foi sequestrada, na terça-feira (18), por dois homens na avenida Cristiano Machado, região Nordeste de BH, pouco após sair da escola. A mãe da estudante acionou a Polícia Militar (PM) após a filha chegar em casa depois do horário normal chorando e em estado de choque. A jovem estava com hematomas no braço. E, além disso, a camisa e as roupas íntimas da menina estavam rasgadas.

A jovem relatou que, após sair da escola, foi abordada por dois homens enquanto atravessava uma passarela. De acordo com o registro, os suspeitos aparentam ter entre 20 e 25 anos. Ela disse que foi levada de maneira violenta até um veículo. De acordo com o boletim, aparenta ser um Fiat Uno, de cor vermelha.

A estudante contou à PM que foi desmaiada e acordou horas depois em uma casa, com os dois homens. De acordo com a jovem, os suspeitos a ameaçaram, caso ela contasse algo para alguém. Após o ocorrido, os homens a colocaram no veículo e a deixaram na avenida Risoleta Neves. Ela foi caminhando até chegar em casa.

A jovem não soube informar a localização da casa onde ocorreram os crimes. Ela também não soube informar se foi drogada. A estudante foi conduzida para o hospital Odilon Behrens, onde passou por exames que não constataram a conjunção carnal. A ocorrência agora segue em investigação da Polícia Civil.

É importante entender que o estupro está previsto no no art. 213. O trecho diz que o crime consiste em “constranger alguém, mediante violência ou grave ameaça, a ter conjunção carnal ou a praticar ou permitir que com ele se pratique outro ato libidinoso”. Mesmo que não exista a conjunção carnal, o criminoso pode ser condenado a uma pena de reclusão de 6 a 10 anos.

Comentários

Rafael D'Oliveira

Rafael D'Oliveira é jornalista e redator do portal Bhaz

Carregar mais em BH