Home Notícias BH Adolescente denuncia estupro ao lado de escola e chantagem para não ‘vazar’ no WhatsApp: ‘colega’ teria pedido R$ 50

Adolescente denuncia estupro ao lado de escola e chantagem para não ‘vazar’ no WhatsApp: ‘colega’ teria pedido R$ 50

A Polícia Civil vai investigar o caso de uma adolescente de 16 anos que teria sido estuprada do lado de uma escola localizada no bairro Santa Rosa, na região da Pampulha, em Belo Horizonte. A vítima procurou a Polícia Militar (PM) junto com a mãe, nesta sexta-feira (19), para relatar o suposto abuso ocorrido na tarde de ontem. Segundo a jovem, um rapaz de 23 anos a chamou para ir até um campo de futebol do lado da instituição e a obrigou a fazer sexo oral nele.

Ainda na versão contada por ela, um garoto de 16 anos filmou toda a movimentação e, em seguida, pediu R$ 50 para não divulgar as imagens do crime nas redes sociais e pelo WhatsApp. Os três são alunos da mesma escola.

De acordo com a PM, o adolescente responsável por gravar a cena e o rapaz mais velho foram detidos porque tinham nos celulares deles vídeos da menina fazendo sexo oral com um deles. Os dois contaram aos policiais que em nenhum momento a forçaram a nada e que ela se disponibilizou a praticar o ato. Segundo os dois, a jovem foi quem fez a proposta e não demonstrou constrangimento mesmo diante da chegada de outras pessoas ao local.

Os rapazes se disponibilizaram a mostrar os vídeos à polícia para comprovar o que disseram e acabaram detidos. O mais novo relatou ter enviado as imagens para colegas e funcionários da escola contaram que os demais alunos estavam agitados com a suposta divulgação das imagens. A informação de que o estudantes tenham tido acesso à gravação não foi confirmada.

A adolescente contou que o rapaz de 23 anos a segurou pelo cabelo e a obrigou a fazer sexo oral nele e que foi chantageada. Ela resolveu relatar a situação à mãe nesta sexta-feira e as duas foram até o Hospital Odilon Behrens, onde a garota recebeu atendimento médico. O caso foi registrado na Divisão de Orientação e Proteção à Criança e ao Adolescente da Polícia Civil.

Comentários

Roberth Costa

Roberth Costa é publicitário, repórter e editor no Bhaz.

Carregar mais em BH