Home Notícias BH Sinal analógico de TV será desligado em novembro na RMBH; saiba o que muda

Sinal analógico de TV será desligado em novembro na RMBH; saiba o que muda

No próximo dia 8 de novembro o sinal de TV analógico será desativado em Belo Horizonte e Região Metropolitana, a exemplo do que já acontece em outras capitais do país, como São Paulo, Recife e Brasília.  A frequência de transmissão será repassada para operadores de telefonia móvel. Sendo assim, toda população de BH e região deverá se preparar para receber o sinal digital.

Para receber o sinal digital em casa é necessário instalar uma antena e um conversor de sinal. No mercado, o preço do equipamento varia entre R$ 100 e R$ 200. Televisões fabricadas a partir de 2010 já possuem o conversor, sendo necessária apenas a antena. Assinantes de TV paga vão receber o sinal digital sem precisar gastar com outros equipamentos.

A migração do sinal analógico para a TV digital representa um grande avanço tecnológico para o Brasil. Segundo Carlos Martelletto, presidente da Seja Digital, ao ser desligado, o sinal analógico de TV vai liberar a faixa de radiofrequência dos 700 MHz e permitir que as operadoras de telefonia móvel possam melhorar a tecnologia 4G, que passará a ser oferecida com maior velocidade, maior qualidade e com maior área de cobertura.

A Seja Digital é uma instituição não-governamental e sem fins lucrativos criada por determinação da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) para operacionalizar a migração do sinal analógico para o sinal digital da televisão no Brasil.

Kit de TV digital

A partir desta terça-feira (8), os moradores de Belo Horizonte e Região Metropolitana beneficiários de programas sociais do Governo Federal ou em situação de vulnerabilidade social poderão retirar kits de conversão de TV digital gratuitos. O processo de mudança de sinal será feito pela Seja Digital.

O beneficio disponibiliza apenas um aparelho para cada família. Ao todo, serão distribuídos cerca de 415 mil kits em 39 cidades no entorno da capital. A distribuição será feita em agências do correio. Mas, para receber o kit, a pessoa deve acessar o site do Seja Digital ou entrar em contato pelo número 147. É necessário informar o NIS, PIS ou CPF do beneficiário. Logo após, é só agendar local e horário para retirar o kit e fazer a instalação. “Estamos trabalhando para que a informação sobre o desligamento do sinal analógico de TV chegue a toda população e todos possam se preparar com antecedência”, diz a gerente regional do Seja Digital, Deisy Feitosa.

O sinal digital já está disponível, “Todos que pegarem os kits ou já tiverem o aparelho em casa, é só instalar e usar. Não precisa esperar até que o sinal analógico seja desligado”, afirma Deisy.

Com a Tv digital, a sintonia dos atuais canais abertos irá mudar. Porém, não será necessário que a pessoa saiba exatamente a posição de cada emissora. O próprio conversor fará isso automaticamente. Bastará que, no conversor, seja feita a busca de canais, que estes permanecerão, segundo a Seja Digital, pre-sinton

Outras ações

O objetivo do grupo Seja Digital é preparar a população para o desligamento do sinal analógico. Além das campanhas de mídia, serão montados 100 pontos de acompanhamento nos Centros de Referência de Assistência Social (Cras); haverá também 39 caravanas de esclarecimento em bairros da capital e 250 campanhas em escolas.

Gerente regional do Seja Digital, Deisy Feitosa, apresenta o kit que será entregue as famílias carentes (Yuran Khan\Bhaz)

O grupo irá lançar uma campanha de incentivo para premiar alunos de escolas da capital para que os jovens produzam conteúdo voltado ao meio digital e conscientizem a população sobre a mudança de sinal. Outros 90 pontos de coleta de lixo eletrônico serão montados na cidade e haverá a ajuda de 5 mil voluntários. Além disso, 1,2 mil professores da capital vão receber oficinas sobre temas ligados à TV digital.

 

Comentários

Rafael D'Oliveira

Jornalista e redator do portal Bhaz

Carregar mais em BH