Home Notícias BH Denúncia agita eleição no Cruzeiro; conselheiros teriam sido coagidos a apoiar candidato

Denúncia agita eleição no Cruzeiro; conselheiros teriam sido coagidos a apoiar candidato

Faltando menos de dois meses para a eleição que definirá o novo presidente do Cruzeiro Esporte Clube, uma denúncia movimenta a toca da raposa. O advogado Sérgio Rodrigues da chapa Tríplice Coroa alega que Wagner Pires, candidato que tem o apoio do atual presidente – Gilvan Tavares -, está utilizando as dependências do clube para campanha eleitoral. De acordo com ele, é possível encontrar diversas publicações nas redes sociais onde Wagner aparece com conselheiros do time e até mesmo com ex-jogadores da equipe cruzeirense.

Localização aponta encontros realizados na sede administrativa do clube (Reprodução/Instagram/Xedinho)

Em uma das fotos Wagner está no andar da presidência do clube, na sede administrativa na Rua dos Timbiras, com Wilson Piazza. Piazza é ídolo do clube e atuou pela equipe durante 15 anos. De acordo com a denúncia, os conselheiros estão sendo chamados para comparecer na sede e ganhar uma camisa personalizada com o nome. Na sequência, uma foto é tirada com o botton da chapa.

Ao Bhaz, Sérgio Rodrigues disse que está reunindo primeiramente as provas. “Após termos as provas documentais e testemunhais iremos apresentá-las ao conselho deliberativo do clube que analisará o caso”, afirma o candidato. Previamente não existe punição para essa prática, por isso a necessidade de documentar a denúncia.

Conselheiros que foram até a sede alegaram que estão sendo intimados a assinar uma ficha, caso contrário não poderão mais participar do conselho efetivo do clube. No entanto, a eleição que define os conselheiros acontecerá entre novembro e dezembro. “Ao exigir a assinatura, a chapa liderada por Wagner Pires deseja vincular os conselheiros a eles”, afirma Sérgio.

Registro com Wilson Piazza foi feito na sala da presidência (Reprodução/Instagram/Vassalialexandre)

Procurado pelo Bhaz, Wagner Pires disse que “não é de hoje” que Sérgio Rodrigues faz “fofocaiada” com seu nome. Em nota divulgada, a Chapa União afirma que está sendo “absolutamente transparente e ética” em suas atitudes. Sobre o uso da sede para fazer campanha, a chapa alega que um dos candidatos à vaga de 1º Vice-Presidente de fato fica no local. Porém com outra finalidade, visto que, atualmente, ele exerce o cargo de secretário-geral e superintendente do clube. “Não estamos utilizando, de maneira alguma, recursos do Clube em nosso benefício”, diz a nota divulgada pela Chapa União.

A eleição para a presidência do Cruzeiro está marcada para o dia 2 de outubro. A Chapa União, liderada por Wagner Pires, tem o apoio de Gilvan de Pinho Tavares, que desde 2012 é presidente do clube. Já Sérgio Rodrigues está na Chapa Tríplice Coroa e possui o apoio dos irmãos Perrella.

Comentários

Vitor Fórneas

Vitor Fórneas

Jornalista no Portal Bhaz

Carregar mais em BH