Home Notícias Minas Gerais Aquecedores solares gratuitos são distribuídos a famílias mineiras

Aquecedores solares gratuitos são distribuídos a famílias mineiras

Mais de 15 mil famílias receberão até o final deste ano aquecedores solar que visam reduzir a conta de energia elétrica. A distribuição dos kits faz parte do Projeto Energia Cidadã que desde 2015 já atendeu mais de 15 mil famílias em 331 municípios de Minas Gerais.

O sistema que conta com um chuveiro elétrico de baixa tensão e um tipo de ducha que não demanda gastos excessivos para aquecer a água do banho já refletiu na redução da conta de várias famílias. A diarista Ione Cunha relata que desde a instalação, a conta que antes custava R$ 150 agora está por volta de R$ 68. “Com o dinheiro economizado posso dar mais qualidade de vida para os meus filhos”, diz a diarista que mora em Araguari, no Triângulo Mineiro.

O projeto é executado através da parceria entre a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) e a Companhia de Habitação de Minas Gerais (Cohab Minas). Até o final de 2017 a expectativa é de que outros 4.700 aquecedores sejam entregues à população. Até o momento já foram instalados 3.700 equipamentos.

Gerente de Eficiência Energética da Cemig, Ronaldo Lucas Queiroz enfatiza que os benefícios da redução do consumo de energia vão para além das famílias atendidas pelo projeto, pois a medida contribui para mudar hábitos de consumo, com orientação para o uso adequado de equipamentos e medidas que combatem o desperdício.

Com investimento de mais de R$ 15,7 milhões, a meta é de instalação de 8.400 aquecedores solares na nova etapa da parceria entre Cemig e Cohab.

Energia Cidadã

O programa segue determinação da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), que estabelece que, no mínimo, meio por cento do faturamento líquido das concessionárias de energia do Brasil seja investido em projetos de energia sustentável.

A Cemig está investindo R$ 55 milhões no Energia Cidadã, e fará a substituição de 550 mil lâmpadas ineficientes por lâmpadas de LED, 4 mil geladeiras ineficientes por outras novas de baixo consumo de energia, 8.400 chuveiros elétricos de alta potência por sistemas de aquecimento solar de água em unidades dos conjuntos habitacionais de Minas Gerais. Aproximadamente 110 mil famílias serão atendidas.

Da Agência Minas

Comentários

Vitor Fórneas

Vitor Fórneas

Jornalista no Portal Bhaz

Carregar mais em Minas Gerais