Home Notícias BH Caso Eliza Samudio terá recursos julgados que podem modificar sentenças

Caso Eliza Samudio terá recursos julgados que podem modificar sentenças

O caso Eliza Samudio terá nesta quarta-feira (13) novo desdobramento que pode modificar o julgamento do goleiro Bruno e dos demais envolvidos. A defesa do goleiro pede à Justiça a análise da certidão de óbito de Eliza e a revisão da pena determinada a ele e a outros envolvidos.

Essa não é a primeira vez que os advogados do goleiro pedem a análise da certidão. O documento alegando a morte de Eliza foi emitido, em janeiro de 2013, após a mãe da vítima argumentar que o julgamento de um dos envolvidos no caso explicitava o óbito da filha. Com isso, a juíza Marixa Fabiane Lopes, da Vara do Tribunal de Júri de Contagem, acatou o pedido.

O argumento utilizado pela magistrada foi o de que o registro civil da morte da vítima resguardaria os direitos do filho dela, além de que a sentença criminal poderia ter o efeito de reparação de danos. No entanto, a defesa de Bruno questionou a decisão, mas como a juíza não aceitou o pedido, eles recorreram ao Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG).

Após análise do recurso, os desembargadores do TJMG entenderam que cabe análise e que o prosseguimento do processo não poderia ter sido negado. O julgamento acontecerá a partir das 13h30 na sede do TJMG pela 4ª Câmara Criminal.

O goleiro Bruno Fernandes foi condenado a 22 anos e três meses pelo homicídio triplamente qualificado de Eliza Samudio, pela ocultação do cadáver e também pelo sequestro do filho.

Do TJMG

 

 

Comentários

Vitor Fórneas

Vitor Fórneas

Jornalista no Portal Bhaz

Carregar mais em BH