Home Notícias Minas Gerais Médica mineira morre na Bahia após ter crises de convulsão; polícia investiga o caso

Médica mineira morre na Bahia após ter crises de convulsão; polícia investiga o caso

O corpo da médica Liliany Caetano Aquino, de 26 anos, está sendo velado em Montes Claros, no Norte de Minas, desde a noite desse domingo (8). A médica morreu em uma pousada na cidade de Vitória da Conquista, na Bahia, no último sábado (7). De acordo com autoridades locais, trabalha-se com a hipótese de morte natural ou suicídio, pois foram encontrados remédios de uso controlado no quarto em que ela estava hospedada.

Segundo informações do portal G1, Liliany chegou a ser reanimada por várias vezes pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) mas acabou falecendo. Funcionários da pousada alegaram que a médica avisou-os que iria dormir e pediu para ser acordada horas depois. No começo da noite funcionários foram até o quarto e encontram Liliany tendo crises de convulsão.

A médica apresentava sinais de broncoaspiração e de cianose. O primeiro caso é devido a inspiração do vômito que causa o fechamento das vias aéreas ou a presença de um corpo estranho. Já o segundo deixa a pele e as mucosas com coloração azulada.

O Departamento de Polícia Técnica (DPT) realizou a perícia para descobrir a causa da morte. Ainda não se sabe se Liliany estava na Bahia a trabalho ou a passeio.

Comentários

Vitor Fórneas

Vitor Fórneas

Jornalista no Portal Bhaz

Carregar mais em Minas Gerais