Home Guia Bhaz Cinema brasileiro reina absoluto entre as estreias de cinema desta semana

Cinema brasileiro reina absoluto entre as estreias de cinema desta semana

Uma fato raro vai ocorrer esta semana no circuito cinematográfico de Belo Horizonte, Betim e Contagem: a ampla predominância de filmes nacionais. Das 13 estreias programadas, nove são produções brasileiras, com destaque para a programação do Cine Belas Artes, que é responsável pela exibição da mais da metades destes filmes. Dos outros lançamentos, três são americanos e um é francês. Outro detalhe, este não muito positivo: na semana em que se comemora o Dia da Criança – amanhã, 12 de outubro –, apenas um filme tem classificação livre: Jonas e o Circo sem Lona. Outro detalhe, este sim, positivo, é que os professores não foram esquecidos. Um dos filmes programados – O Melhor Professor de Minha Vida – tem como tema a vida de um professor francês. Confira as estreias

Logan Lucky – Roubo em Família (EUA)

Após ser demitido, Jimmy Logan (Channing Tatum) procura seu irmão, Clyde (Adam Driver), com a proposta que ele lhe ajude em um elaborado assalto. A ideia é roubar um cofre localizado bem abaixo do autódromo local, aproveitando que os sensores sísmicos foram desligados devido às obras no local realizadas justamente pelo antigo trabalho de Jimmy. Para tanto, eles precisam da ajuda de Joe Bang (Daniel Craig), especialista em explosivos, que está preso. Com isso, os irmãos Logan elaboram um plano para que Joe deixe a prisão sem ser notado, de forma que possa realizar o trabalho (12 anos).

Em exibição nas salas CinépolisCinemarkCineart.

Entre Irmãs (Brasil)

Pernambuco, década de 1930. Luzia (Nanda Costa) e Emília (Marjorie Estiano) são irmãs que vivem na pequena Taguaritinga do Norte, ao lado da tia Sofia (Cyria Coentro), que lhes ensinou o ofício de costureira. Enquanto Emília sonha em se mudar para a cidade grande, Luzia se conforma com a realidade, ao mesmo tempo em que lida com as dificuldades de ter um braço atrofiado, por ter caído de uma árvore quando criança. A vida destas três mulheres muda por completo quando o cangaceiro Carcará (Júlio Machado) cruza seu caminho, obrigando-as a costurar para o bando que lidera (14 anos).

Em exibição nas salas CinépolisCinemarkCineart.

Detroit em Rebelião (EUA)

No ano de 1967, Detroit vive cinco dias de intensos protestos e violência. Um ataque policial na cidade resulta em um dos maiores e mais intensos tumultos na história dos Estados Unidos, levando à federalização da Guarda Nacional de Michigan e ao envolvimento de duas divisões aéreas do Exército dos Estados Unidos no conflito (16 anos).

Em exibição nas salas CinépolisCinemarkCine Belas ArtesCineart.

Como se tornar o pior aluno da escola (Brasil)

Bernado (Bruno Munhoz) e Pedro (Daniel Pimentel) são estudantes e enfrentam as clássicas tarefas de cumprir as obrigações escolares, tirar boas notas, ter bom comportamento e cumprir as regras da escola, cada vez mais elaboradas graças ao diretor Ademar (Carlos Villagrán). Frustrado, Pedro acaba encontrando um diário que mostra como provocar o caos na escola sem ser pego, o que leva os dois amigos a seguirem as dicas do caderno (14 anos).

Em exibição nas salas CinépolisCinemarkCineart.

As aventuras do Capitão de Cueca (EUA)

Jorge e Haroldo são amigos inseparáveis, tanto no colégio quanto na casa na árvore que mantêm juntos, onde se dedicam a escrever histórias em quadrinhos do Capitão Cueca, super-herói por eles inventado. Ambos adoram se divertir na base de pegadinhas, especialmente em relação aos professores e ao rabugento diretor Krupp. Quando são ameaçados de serem separados de turma, Jorge usa um anel hipnótico contra o diretor, que faz com que ele obedeça a todas as suas ordens. É quando a dupla tem a ideia de transformá-lo no próprio Capitão Cueca (6 anos).

Em exibição nas salas CinépolisCinemarkCineart.

O melhor professor da minha vida (França)

Aos 40 anos, o professor François Foucault leciona no renomado Liceu Henri IV, perto do Panthéon de Paris. Devido a uma série de eventos, ele é obrigado a aceitar uma transferência de um ano para uma escola no subúrbio da cidade e teme que o pior pode acontecer (12 anos).

Em exibição nas salas Cine Belas Artes.

Jonas e o circo sem lona (Brasil)

Aos 13 anos de idade, Jonas é filho e neto de artistas de circo. O garoto tem seu próprio circo improvisado, frequentado pelos moradores do pobre bairro onde vive, na Bahia. É ele quem coordena os números, prepara os figurinos, a música e controla os ingressos. Jonas pretende abandonar a escola para se juntar ao tio e viver num circo itinerante, mas a mãe prefere que ele permaneça na escola. No meio desta briga, ele descobre as dificuldades da vida adulta (livre).

Em exibição nas salas Cine Belas Artes.

A cidade onde envelheço (Brasil)

Teresa  é uma jovem portuguesa que decide deixar o país para morar no Brasil. Ela vai direto para a casa de Francisca , uma amiga também portuguesa que, há quase um ano, mora em Belo Horizonte. Por demais que tenha aceitado abrigá-la, Francisca está temerosa sobre como será o convívio entre elas, já que aprecia a solidão e a independência de que dispõe. Entretanto, logo o jeito descontraído e espevitado de Teresa a contagia, nascendo uma forte ligação entre elas. O filme foi integralmente rodado em Belo Horizonte (12 anos).

Em exibição nas salas Cine Belas Artes.

Divinas Divas (Brasil)

Rogéria, Valéria, Jane Di Castro, Camille K, Fujika de Holliday, Eloína dos Leopardos, Marquesa e Brigitte de Búzios formaram, na década de 1970, o grupo que testemunhou o auge de uma Cinelândia repleta de cinemas e teatros. O documentário acompanha o reencontro das artistas para a montagem de um espetáculo, trazendo para a cena as histórias e memórias de uma geração que revolucionou o comportamento sexual e desafiou a moral de uma época (14 anos).

Em exibição nas salas Cine Belas Artes.

Rifle (Brasil)

Dione (Dione Ávila de Oliveira) é um jovem com hábitos estranhos que vive isolado com sua família em uma região rural e remota. Mas toda a tranquilidade do local é abalada quando um rico proprietário tenta comprar a pequena propriedade onde ele e sua família vivem. O jovem então começa a carregar sempre um rifle, de forma a defender seu território (14 anos).

Em exibição nas salas Cine Belas Artes.

Um lugar ao sol (Brasil)

Um grupo de pessoas desfruta de uma realidade diferente daquela que a maioria dos brasileiros tem. O dia­ a­ dia dos moradores de luxuosas coberturas de prédios é abordado através de depoimentos que geram um debate sobre suas diferentes visões em relação à cidade que os rodeia, neste caso Rio de Janeiro, São Paulo e Recife. No topo dos condomínios, essas pessoas têm uma visão privilegiada, esbanjam status, poder e muitas vezes são alvo de visibilidade, insegurança e do seu próprio desejo.

Em exibição nas salas Cine Belas Artes.

No lugar errado (Brasil)

Quatro grandes amigos se reúnem, após um longo período de tempo separados e, depois de alguns drinks e conversas, fatos incômodos sobre as relações deles começam a surgir (16 anos).

Em exibição nas salas Cine Belas Artes.

A menina Índigo (Brasil)

Sofia (Letícia Braga) é uma garota de 7 anos que tem enfrentado problemas na escola, por não se interessar pelas matérias ensinadas. Após se trancar em uma sala e pintá-la por completo, seu pai (Murilo Rosa) é chamado ao local. Meio afastado dela devido ao trabalho como jornalista, ele se reaproxima após o pedido da própria Sofia para que more com ele. Aos poucos, ele percebe que Sofia não é só uma criança bastante espontânea que se manifesta através da pintura, mas que também possui o dom de curar pessoas doentes (9 anos).

 

Em exibição nas salas Cine Belas ArtesCineart.

Comentários

Stephanie Mendes

Jornalista e redatora do Bhaz

Carregar mais em Guia Bhaz