Home Veículos Acelera aí [Acelera aí] Renault Sandero RS Racing Spirit: lobo em pele de lobo

[Acelera aí] Renault Sandero RS Racing Spirit: lobo em pele de lobo

Ao contrário de algumas versões esportivas, que ganham apenas uma maquiagem em relação à versão normal, a série limitada (a 1.500 unidades) RS Racing Spirit do Sandero não fica apenas na aparência, pois o motor 2.0 aliado ao baixo peso do carro garante uma performance que agrada a quem gosta mais do pedal da direita.

Desenvolvida pela Renault Sport Cars, em conjunto com as equipes do estúdio Renault Design América Latina e do centro Renault Tecnologia Américas, a série especial tem a mesma mecânica da versão na qual se baseou: motor 2.0 flex, que gera potências de 145cv (gasolina) e 150cv (etanol), associado a um câmbio manual de seis velocidades com relações mais curtas. A suspensão continua a mesma, embora a altura do solo tenha sido reduzida em função dos novos pneus 205/45 R17 Michelin Pilot Sport 4, de perfil mais baixo.

Na prática, trata-se de um hatch para quem curte uma tocada mais esportiva, pois tem uma boa relação peso (1.161 kg) / potência (150cv). As reações ao acelerador são rápidas. Rodamos com etanol no tanque e a tecla Sport acionada e, tanto as acelerações quanto as retomadas de velocidades, são estimulantes. As relações curtas e os engates precisos do câmbio também ajudam a manter o bom fôlego. Com reações bem diretas, a direção de assistência eletro-hidráulica também está em sintonia com o conjunto.

Mesmo usando a tecla Sport+, que desliga os controles de tração e estabilidade, a suspensão garante que o motorista abuse um pouco mesmo naquelas curvas bem fechadas e de piso irregular. Por outro lado, o conforto fica um pouco prejudicado, principalmente quando se roda em asfalto com ondulações. Os modos Sports mudam o ronco do 2.0, que passa a emitir um som que agrada aos ouvidos de quem gosta de “sentir” o barulho da aceleração. Também se destacam os freios, que param o Sandero esportivo com muita eficiência e equilíbrio.

Por fora, o Sandero Racing Spirit se estaque pelas pinças de freio e a parte central pintadas em vermelho, cor que também está presente no contorno inferior do para-choque específico com desenho das lâminas em estilo F1, espelhos retrovisores, difusor e nova faixa lateral com a inscrição “Racing Spirit”. No interior, chamam a atenção uma placa numerada, localizada perto do câmbio, identifica o número de série da edição Racing Spirit, o teto na cor preta e o vermelho presente nos aros dos difusores de ar laterais, no contorno do velocímetro e nas costuras e faixas dos bancos.

Em termos de equipamento, a série Racing Spirit traz de fábrica controles de estabilidade (ESP) e de tração (ASR), assistente de arrancada em subidas (HSA), faróis de rodagem diurna (DRL) de LED, ar-condicionado automático, vidros elétricos dianteiros e traseiros, banco do motorista regulável em altura, piloto automático (controlador e limitador de velocidade), sensores de estacionamento e sistema Media NAV Evolution, com a central multimídia integrada ao painel com tela de 7 polegadas do tipo touchscreen.

 

 

Ficha Técnica

Motor – Dianteiro, quatro cilindros, 1.998cm³ de cilindrada, 16 válvulas, que rende potências de 145cv (gasolina) e 150cv (etanol), ambas a 5.750rpm; e torques de 20,2kgfm (gasolina) e 20,9kgfm (etanol), ambos a 4.000 rpm

Câmbio – Tração dianteira, com câmbio manual de seis velocidades

Suspensão – Tipo McPherson, com triângulos inferiores, na dianteira; e rodas semi-independentes na traseira

Dimensões – Comprimento, 4,06m; largura, 1,73m; altura, 1,49m; e entre-eixos, 2,59m

Freios – Discos ventilados na dianteira e sólidos na traseira

Direção – Com assistência eletro-hidráulica

Tanque – 50 litros

Porta-malas – 320 litros

Peso – 1.161 quilos

Preço – R$ 66.400

 

Texto e fotos: Eduardo Aquino

Comentários

Acelera Ai

Acelera Ai

Jornalistas Eduardo Aquino e Luís Otávio Pires são os editores do site Acelera Aí e da seção veículos do portal Bhaz

Carregar mais em Acelera aí