X

Ex-mulher é suspeita de matar policial civil a tiros; jovem de 23 anos está desaparecida

Reprodução/Google Street View

A Polícia Civil investiga o assassinato de um agente da corporação que estava prestes a se aposentar. O homem de 57 anos foi morto a tiros, na madrugada desta terça-feira (14), em Juiz de Fora, na Zona da Mata. A ex-companheira dele, uma jovem de 23 anos, é a principal suspeita do crime. Ela está desaparecida desde que o corpo dele foi localizado.

De acordo com a Polícia Militar (PM), a ex do policial teria atirado contra a cabeça e a barriga dele dentro de um estabelecimento comercial da cidade. Ela teria o seguido e cometido o crime por não aceitar o fim do relacionamento entre os dois. Há cerca de dois meses, a jovem ameaçou a vítima no meio da rua.

O policial chegou a ser socorrido por uma equipe do Samu para o Hospital Monte Sinai, mas não resistiu aos ferimentos.

 

Categorias: Minas Gerais