Home Notícias Brasil Dançarina atropelada duas vezes anunciou ‘aposentadoria’ minutos antes de morrer

Dançarina atropelada duas vezes anunciou ‘aposentadoria’ minutos antes de morrer

Amigos e familiares de uma dançarina de 43 anos entraram em choque ao descobrir que ela foi atropelada duas vezes em menos de cinco minutos. A mulher estava de moto, no sábado (2), quando foi atingida por um carro que não parou para prestar socorro. Ela chegou a receber atendimento, mas um segundo veículo não reparou a sinalização e a atropelou novamente. Alessandra Andrade não resistiu aos ferimentos. O caso ocorreu em São Vicente, no litoral de São Paulo.

Conhecidos de Alessandra conversaram com o G1 e explicaram que a dançarina parecia saber que morreria. Ela teria dito a pelo menos dois deles que o show em que dançou no sábado seria o último dela. “Ela estava sempre sorrindo, animada e bem arrumada. No dia do acidente era o oposto. Estava desarrumada, cabisbaixa e cansada”, contou a também dançarina Taio Messias. “Ela falou ‘esse é o meu último show, não subo nunca mais no palco. Estou cansada, velha e não tenho mais idade pra isso’, parece que sabia que ia morrer”, disse.


A morte da dançarina gerou comoção nas redes sociais. Ela também dava aulas no SESI Santos e tem sido homenageada pelos alunos. Um vídeo publicado no Instagram de Taio mostra Alessandra dançando pela última vez. “E assim foi a sua despedida na terra dançando e esbanjando alegria”, diz um trecho da legenda.


As circunstâncias da morte de Alessandra vão ser investigadas pela Polícia Civil. A corporação deve usar imagens de câmeras de monitoramento para identificar o autor do atropelamento. A placa dianteira do veículo caiu no local, o que pode facilitar o trabalho de apuração.

Comentários

Roberth Costa

Roberth Costa é publicitário, repórter e editor no Bhaz.

Carregar mais em Brasil