Home Veículos Acelera aí [Acelera Aí] Utilitário-esportivo T40 mostra evolução da chinesa JAC

[Acelera Aí] Utilitário-esportivo T40 mostra evolução da chinesa JAC

Andamos no novo utilitário-esportivo compacto da marca chinesa, que tem amplo espaço interno, um bom nível de acabamento e lista de equipamentos bem recheada. As linhas modernas mostram que os veículos da JAC também evoluíram bastante no design. A já conhecida dupla motor 1.5 e câmbio manual de cinco marchas proporciona baixo nível de consumo, mas falta um pouco de fôlego em baixas rotações.

Os cromados da moldura do vidro e das maçanetas dão um ar de sobriedade e as rodas colocam uma pitada de esportividade

O T40 é uma das grandes apostas da JAC para conquistar uma fatia maior do bolo chamado mercado brasileiro. O utilitário-esportivo compacto é um dos modelos que a montadora chinesa pretende produzir na fábrica brasileira, cuja construção (no estado de Goiás) foi anunciada recentemente. O SUV também inaugura o novo logotipo da marca, que abandonou o pentagrama para ostentar a palavra “JAC” estilizada. Idealizado no estúdio da empresa em Turim, na Itália, o símbolo adota uma fonte própria, em negrito; um formato oval, fundo preto e letras e moldura cromadas.

O desenho das lanternas é moderno, mas os cromados do para-choque soam desnecessários

E o novo símbolo parece ter mesmo inspirado os designers da JAC, pois o visual do T40 mostra que, se cobrirmos o logotipo, o utilitário-esportivo passa facilmente batido como um modelo europeu. Na frente, destacam-se os faróis com luzes diurnas em LED e a grade, que tem cromados em abundância e parece inspirada em modelos da Ford. De perfil, enquanto o cromado na moldura do vidro e nas maçanetas das portas dão um ar mais sóbrio, as rodas e as pinças de freio vermelhas colocam uma pitada de esportividade. Na traseira, as lanternas têm desenho moderno, mas os cromados na parte de baixo do para-choque soam um pouco exagerado.

Acabamento interno tem boa qualidade e a tela do multimídia de oito polegadas é sensível ao toque

Por dentro, o T40 mostra que a evolução também chegou ao acabamento (couro sintético no painel e na cobertura do volante multifuncional, detalhes em black piano, montagem de bom nível etc.). O quadro de instrumentos proporciona boa visualização, assim como a tela de oito polegadas do sistema multimídia. Como todos os carros da marca, o modelo tem ampla lista de equipamentos de conforto e segurança (veja abaixo os principais). O espaço interno é amplo e acomoda cinco adultos, mas pessoas mais altas ficam desconfortáveis no banco traseiro. O porta-malas (de 450 litros) leva qualquer compra de supermercado ou bagagem de férias.

 

Motor 1.5 16V, flex, tem baixo nível de consumo, mas falta um pouco de fôlego em baixas rotações

O motor 1.5, que gera 127cv com etanol, tem consumo bem razoável (em estrada de pista dupla, com ar ligado, gasolina no tanque e apenas o motorista, o computador de bordo registrou médias em torno dos 14,5km/l), mas tem pouco fôlego em baixas rotações e exige uma certa dose de paciência nas retomadas. O câmbio tem relações bem escalonadas, mas falta um pouco de precisão nos engates. A assistência elétrica proporciona uma direção prazerosa. A suspensão está bem calibrada e consegue um bom equilíbrio entre conforto e estabilidade e é bem mais silenciosa do que outros modelos da JAC quando se roda sobre piso irregular.

Banco traseiro acomoda com conforto três adultos com até 1,80m de altura

Principais equipamentos da versão topo de linha: alarme, travamento automático das portas à 15 km/h, controles de tração e estabilidade, monitoramento da pressão dos pneus, assistente de partida em subida, assistência de frenagem de emergência, sensor de estacionamento, controle automático de velocidade, faróis com regulagem de altura e sensor crepuscular, sistema Isofix para fixar cadeiras infantis, sistema multimídia com tela de oito polegadas, câmera de frontal e de ré e computador de bordo.

Ficha Técnica

Motor – Quatro cilindros em linha, 1.5, 16 válvulas, flex, que rende potências de 125cv (gasolina) e 127cv (etanol) a 6.000rpm e torques de 15,5kgfm (gasolina) e 15,7kgfm (etanol) a 4.000rpm

Câmbio – Manual, de cinco velocidades

Suspensão – Dianteira, independente do tipo McPherson; e traseira, semi-independente com eixo de torção

Freios – A disco nas quatro rodas, sendo ventilado na dianteira e sólido na traseira

Dimensões – Comprimento, 4,13m; largura, 1,75m; altura, 1,56m; e entre-eixos, 2,49m

Rodas – De liga de 16 polegadas, calçadas com pneus 205/55 R16

Porta-malas – 450 litros

Tanque – 42 litros

Peso – 1.155 quilos

Preço ­ (versão topo de linha) – R$ 60.990

 

Texto e fotos: Eduardo Aquino

Comentários

Acelera Ai

Acelera Ai

Jornalistas Eduardo Aquino e Luís Otávio Pires são os editores do site Acelera Aí e da seção veículos do portal Bhaz

Carregar mais em Acelera aí