Home NotíciasBHChuvas causam estragos em 130 municípios mineiros; 33 mil foram desalojados

Chuvas causam estragos em 130 municípios mineiros; 33 mil foram desalojados

A previsão da meteorologia de que o atual período chuvoso seria o mais intenso dos últimos anos em Minas Gerais realmente está se confirmando. Até o último boletim divulgado pela Defesa Civil Estadual, neste domingo (19), 130 municípios do Estado registraram estragos causados pelos temporais, dos quais, 94 decretaram situação de emergência. As cidades de Sardoá e Virgolândia, ambas no Vale do Rio Doce, chegaram a decretar estado de calamidade pública.

Após um breve período de alívio, a chuva deve voltar a se intensificar na segunda quinzena de janeiro e em março, preveem os especialistas. No sábado (18), Divinópolis, na região Centro-Oeste mineira, sofreu com a chuva. Foram registrados diversos pontos de alagamento e quedas de árvores. Uma cratera se formou na via que liga a cidade a Carmo do Cajuru. Apesar dos transtornos, ninguém ficou ferido ou desalojado.

Aliás, em Minas, já foram registrados 33 mil desalojados. Outros 17 mil ficaram sem teto após a residência ruir com as chuvas. Os temporais, que começaram em outubro de 2013, já deixaram 229 pessoas feridas e outras 22 mortas.

Confira a previsão de tempo para domingo (19), da Defesa Civil:

O dia será de céu parcialmente nublado com períodos de nublado em parte do setor sul do estado. Nas mesorregiões Zona da Mata, Noroeste, Metropolitana de Belo Horizonte Rio Doce, o dia será de céu parcialmente nublado a nublado e ocorrerão chuvas isoladas. Na Nas demais regiões, o dia terá sol entre nuvens. As temperaturas estarão em ligeiro declínio, apenas no centro-sul do estado.

Em Belo Horizonte, o dia será de céu parcialmente nublado com possibilidades de chuvas isoladas e de fraca, a partir da tarde. Na bacia do Rio Sapucaí, o dia será de céu nublado com pancadas isoladas de chuva. Na bacia do Rio Doce, o dia será de céu parcialmente nublado, com possibilidade de chuva isolada, a partir da tarde.

Comentários