Home Notícias BH Marcio Lacerda veta projeto que criaria “ônibus balada” para circular por regiões boêmias de BH

Marcio Lacerda veta projeto que criaria “ônibus balada” para circular por regiões boêmias de BH

O prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda, vetou o projeto de lei que criaria um serviço de transporte coletivo destinado a atender o público que frequenta bares e restaurantes na noite da Capital. Apresentada pelo vereador Marcelo Aro (PHS), a iniciativa iria priorizar bairros nobres da cidade, considerados boêmios, como o Lourdes e a região da Savassi.

Levada à Câmara Municipal em junho do ano passado, a proposta chamada popularmente de “ônibus balada” teria como objetivo compensar as limitações do transporte público de Belo Horizonte durante a madrugada e nos finais de semana, quando o metrô e linhas de ônibus têm a circulação interrompida ou reduzida e os serviços de táxis são caros e poucos para a atender a demanda. Mas, no entendimento do prefeito, ela viola as competências da BHTrans, responsável pelo gerenciamento de serviços públicos de transporte na cidade, e por isso foi barrada.

Vale lembrar que, das 274 linhas municipais, 58% não operam entre 0h e 3h59 nos dias úteis, 56% param aos sábados, e 54%, aos domingos e que o metrô para após as 23 horas.

bares bh camara de belo horizonte
Serviço especial atenderia regiões consideradas boêmias como a Savassi.
Foto: Reprodução/CâmaradeBeloHorizonte

segundo a PBH, outro motivo para que o projeto não tenha sido aprovado é a determinação de que os custos de implementação dele deveriam ser pagos pela administração municipal. Com itinerário entre 21h e 5h de quinta à sábado e de 18h à 1h no domingo/segunda, os veículos precisariam de uma identificação personalizada.

Na época em que foi divulgado, o texto gerou bastante repercussão nas redes sociais, principalmente entre internautas mais jovens. No entanto, com o “ônibus balada” vetado, os baladeiros deverão continuar frequentando a noite da Capital com longas esperas por ônibus que atendam nos horários noturnos, de carro ou carona.

Comentários