Home NotíciasEsportes“#FechadoComOTinga”: Internautas reagem após insultos racistas em jogo da Libertadores

“#FechadoComOTinga”: Internautas reagem após insultos racistas em jogo da Libertadores

A hashtag “#FechadoComOTinga” chegou ao primeiro lugar do Trending Topics no Brasil durante a madrugada desta quinta-feira (13). O termo é uma resposta dos internautas aos insultos racistas feitos pela torcida do Real Garcilaso, do Peru. No fim do segundo tempo da partida contra o Cruzeiro, algumas pessoas presentes nas arquibancadas passaram a imitar macacos a cada vez que o meia Tinga tocava na bola.

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=CDY3EFUd_3w]

Até mesmo Alexandre Kalil, presidente do Atlético, maior rival do clube celeste, demonstrou revolta diante do caso. “Racismo na Libertadores?… Me tiraram o prazer da derrota do Cruzeiro. Lamentável!”, escreveu no Twitter. Milhares de internautas postaram mensagens de apoio ao meia cruzeirense.

Tinga entrou em campo aos 18 minutos do segundo tempo para substituir o atacante Ricardo Goulart. Ele foi ironizado pela torcida logo quando pisou no gramado. “Estou muito chateado. A gente tenta esquecer isso dentro de campo, mas eu fico muito chateado com isso”, disse o atleta à Rede Globo no fim da partida.

“Joguei vários anos na Alemanha e isso nunca aconteceu. Agora, em um país vizinho ao nosso, onde existem pessoas iguais a mim, acontece isso. Por mim, eu deixaria de ganhar qualquer título para que não houvesse mais desigualdade”, completou Tinga.

O árbitro da partida, José Argote, não tomou providências contra o ocorrido. O Cruzeiro perdeu de virada para o Real Garcilaso, por 2 a 1, em partida realizada em Huan Cayo, no Peru.

O zagueiro Dedé também demonstrou indignação logo após o fim da partida. “Gesto racista… O Tinga pega na bola e a torcida faz som de macaco. Isso não existe”, disparou.

Comentários