Home Eleições 2014 Marina Silva não tentará reeleição caso ganhe a presidência

Marina Silva não tentará reeleição caso ganhe a presidência

Marina Silva (PSB) foi a última candidata a sentar-se na bancada do Jornal Nacional, da Rede Globo, para participar da série de entrevistas que o noticiário fez com os candidatos a presidência da República. A ex-ministra respondeu as perguntas dos apresentadores William Bonner e Patrícia Poeta na noite desta quarta-feira (27).

marina
Marina Silva afirmou que, caso eleita, não tentará um segundo mandato.
Foto: Reprodução / Internet

A candidata socialista foi logo questionada sobre a situação irregular e o envolvimento de laranjas na contratação, pelo seu partido, o PSB, do avião que era usado na campanha à presidência e que caiu em Santos com o candidato Eduardo Campos e outros seis tripulantes. Marina negou que soubesse de qualquer irregularidade com o avião e que confiou nas informações do aluguel da aeronave que foram passadas pelo partido.

Questionada por Patrícia Poeta sobre o resultado das eleições em 2010 no Acre, estado natal de Marina Silva onde ela ficou apenas na terceira colocação, à época, a ex-ministra do governo Lula (PT) disse que teve de “confrontar” muitos interesses na região na época que atuava como ambientalista ao lado de Chico Mendes. Além disso, segundo a candidata, contribuiu pára o resultado o fato de ela estar disputando a eleição por um partido pequeno, o PV, e concorrer com duas maquinas poderosas, PT e PSDB.

Como a insistência de Patrícia Poeta, que questionou se o eleitorado da região não estava dando um recado à população, Marina afirmou que a entrevistadora não conhecia sua trajetória. “Talvez você (Patricia Poeta) não conheça bem a minha trajetoria. Você tem desconhecimento do que é ser senadora de onde eu vim”, disse.

Marina também foi questionada por William Bonner sobre as diferenças de pensamento entre a candidata e o vice de sua chapa, o deputado federal Beto Albuquerque (PSB-RS). Marina e Beto têm posições diferentes, por exemplo, quanto à produção de alimentos transgênicos e pesquisas com células-tronco embrionárias. Contrária aos dois temas, Marina Silva defendeu que a “nova politica sabe trabalhar na diversidade e na diferença” e ainda acusou o apresentador de estar “trabalhando apenas com um lado da moeda”, ao não colocar pontos que ela e o vice  têm em comum, como a lei de gestão de florestas públicas, por exemplo.

Por fim, a candidata Marina Silva afirmou que seu objetivo é “renovar a política” e assumiu o compromisso de que não tentará a reeleição. “A politica tem sido a luta do poder pelo poder. Vou ser a primeira presidente que assume o compromisso de que não vai buscar uma nova eleição”, afirmou.

Comentários