Home Notícias BH SLU anuncia que não vai mais recolher lixo hospitalar em BH

SLU anuncia que não vai mais recolher lixo hospitalar em BH

A Superintendência de Limpeza Urbana (SLU) anunciou nessa sexta-feira (17), em comunicado no Diário Oficial do Município (DOM), que não irá mais recolher resíduos hospitalares em Belo Horizonte. Apesar da lei federal de 2010 determinar que a empresa geradora do resíduo seja a responsável pela coleta e destino final do material, o órgão sempre ofereceu o serviço, principalmente no setor público. Desde quinta-feira (16) o serviço já não é mais ofertado a empresas particulares e será extinto gradativamente nas públicas e filantrópicas nos próximos dias.

Segundo Vitor Valverde, superintendente da SLU, o serviço público tem a responsabilidade de retirar o lixo da população. Além disso, o serviço oferecido pelo órgão era deficitário, não gerando nenhum lucro para a SLU. Ainda de acordo com Valverda, o fim da receita não vai atrapalhar o orçamento.

Ele explicou que a decisão permite que a SLU mantenha o foco na obrigação do órgão de atender a população. Segundo levantamento da empresa, cerca de 50 toneladas de lixo hospitalar eram recolhidas na Capital por 33 garis e 13 motoristas, todos servidores públicos. Os funcionários vão ser realocados dentro da estrutura do próprio órgão.

A SLU informou, ainda, que a preocupação ambiental também foi um dos motivos que levou à decisão. Todo o lixo hospitalar recolhido era encaminhado ao aterro sanitário de Belo Horizonte, que fica às margens da BR-o40, no bairro Califórnia, região Noroeste. Essa, porém, não é a forma mais adequada de destinar esse tipo de lixo.

A SLU cobrava R$ 93,78 por tonelada de lixo hospitalar coletada. O órgão informou que, ao todo, atendia 410 unidades de saúde, sendo 269 delas do setor público.

 

Comentários