Home Notícias Minas Gerais Aves ameaçadas de extinção nas montanhas de Minas

Aves ameaçadas de extinção nas montanhas de Minas

Dentre as 106 espécies de aves ameaçadas pela destruição das áreas verdes em Minas, as que habitam topos de montanha encontram nas mudanças climáticas mais um inimigo mortal. Isolados nesses habitats, os pássaros ficam vulneráveis a fatores como aquecimento global e, sobretudo, aos impactos da mineração e agronegócio.

A constatação é do casal de biólogos Guilherme Freitas e Lílian Costa, que estudam a avifauna dos topos da Serra do Espinhaço, divisor natural das bacias dos rios São Francisco, Doce e Jequitinhonha.

Entre as nove espécies que mais sofrem com as mudanças climáticas, quatro são as mais ameaçadas: o lenheiro-da-serra-do-cipó, o pedreiro-da-serra-do-espinhaço, a garrincha-chorona e o beija-flor-de-gravata-verde.

Como habitam apenas elevadíssimas altitudes, se a temperatura subir, essas aves não conseguem encontrar clima mais ameno, uma vez que já estão no topo, explica Freitas. “Elas estão seriamente impactadas, restritas a ilhas de ambientes com clima e vegetação diferenciados, com tipos específicos de plantas e de animais, pois as mineradoras avançam para as montanhas do Espinhaço”, alerta o biólogo.

Continue lendo no site do Jornal Hoje em Dia

Comentários