Logo do governo usa bandeira da Ditadura Militar com apenas 22 estados

Reprodução

A bandeira utilizada pela equipe do presidente interino Michel Temer (PMDB) para fazer o logotipo do governo federal foi a da época da Ditadura Militar. Na marca apenas 22 Estados brasileiros estão representados, mesma quantidade que aparecia no início da Ditadura Militar (1964-1985) e no fim da Quarta República (1946-1964). Essa versão de bandeira vigorou entre 1960 e 1968.

A versão usada pela equipe de Temer ignora Acre, Amapá, Roraima, Rondônia e Tocantis. A primeira unidade federativa foi incluída na bandeira em 1968, enquanto as últimas só foram atualizadas em 1992, que também incluiu a substituição do extinto Estado da Guanabara pelo Mato Grosso do Sul.

Reprodução
Reprodução
Reprodução
Reprodução

Atualmente, o bandeira do Brasil simboliza todas as 27 unidades federativas – os 26 Estados mais o Distrito Federal.

A bandeira que ilustra o logo do atual governo interino traz as estrelas vistas no céu do Rio de Janeiro no início do dia 15 de novembro de 1889, quando da proclamação da República. O responsável por criar o símbolo de Temer não cobrou pelo trabalho, mas chegou a afirmar que a imagem custaria R$ 100 mil se fosse feita por uma agência de publicidade.

Para ler a reportagem completa de Paula Reverbel, da Folha de S. Paulo, clique aqui.