Home NotíciasBHRelatório aponta irregularidades em repasses do Minas Arena ao Estado

Relatório aponta irregularidades em repasses do Minas Arena ao Estado

A empresa Minas Arena, que administra o Estádio Governador Magalhães Pinto — o Mineirão —, teria maquiado valores da prestação de contas do início da gestão, em 2013. Ao menos é isso que aponta o relatório apresentado pelo deputado estadual Iran Barbosa (PMDB), em entrevista coletiva, realizada na tarde desta segunda-feira (6), na sede do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG).

Segundo dados expostos pelo parlamentar, que já entrou com denúncia no MPMG contra a concessionária, somente no primeiro biênio de gestão — 2013 e 2014 —, a Minas Arena teria lucrado R$ 55,1 milhões, e não teria repassado o devido valor ao Estado.

Conforme prevê o contrato de Parceria Público-Privada (PPP), firmado pelas partes, em 2010, o Governo de Minas teria direito à metade desse valor — R$ 27,55 milhões.

Ainda de acordo com o relatório apresentado pelo parlamentar, a concessionária teria deixado de repassar R$ 45 milhões aos clubes mineiros que utilizaram o Mineirão neste mesmo período. O valor, segundo a assessoria do deputado Iran Barbosa (PMDB), refere-se à cláusulas contratuais que dão direito aos clubes de receber recursos provenientes de publicidade e de serviços prestados no estádio em dia de jogos.

A Bhaz não consegui contatar a Minas Arena.

Avatar

Guilherme Scarpellini

Guilherme Scarpellini é redator de política e cidades no Portal Bhaz.

Comentários