Home NotíciasMinas GeraisApós sete meses, PF conclui inquérito sobre rompimento de barragem em Mariana e indicia oito pessoas

Após sete meses, PF conclui inquérito sobre rompimento de barragem em Mariana e indicia oito pessoas

A Polícia Federal em Minas Gerais informou nesta quinta-feira (9) que concluiu o inquérito policial que investigou o rompimento da barragem de Fundão, no extinto distrito de Bento Rodrigues, em Mariana, região Central do Estado. A corporação afirmou que parte da demora para a conclusão dos trabalhos ocorreu porque os procedimentos ficaram suspenso por mais de dois meses até que o Superior Tribunal de Justiça decidisse pela competência federal para o julgamento do caso.

A PF adiantou que foram indiciadas oito pessoas físicas e três pessoas jurídicas – empresas – por crimes ambientais e danos contra o patrimônio histórico e cultural. A tragédia deixou 19 mortos, contaminou o Rio Doce e destruiu o distrito de Bento Rodrigues, além de fauna e flora por onde o mar de lama percorreu até chegar ao oceano. Mais informações serão reveladas ainda nesta quinta-feira pelos policiais.

Comentários