Home NotíciasBHSuspeitos de envolvimento em estupro coletivo, servidores do Estado mantêm rotina de trabalho

Suspeitos de envolvimento em estupro coletivo, servidores do Estado mantêm rotina de trabalho

Os três servidores do Governo de Minas suspeitos de participar de um estupro coletivo durante um congresso, no último dia 4, no município de Bom Despacho, no Centro-Oeste do Estado, continuam com a corriqueira rotina de trabalho na Cidade Administrativa. A Polícia Civil confirmou na segunda-feira (13) que foi realizado um pedido de prisão contra o trio, que tem entre 24 e 25 anos.

Por nota, a Controladoria-Geral do Estado (CGE) defendeu o direito dos suspeitos continuarem a exercer suas atividades cotidianas de trabalho, enquanto as investigações estão sendo apuradas. No entanto, a controladoria não descarta a possibilidade de exoneração dos servidores, caso o envolvimento seja confirmado.

“Caso sejam confirmados o fato e a autoria, será instaurado processo administrativo disciplinar e os servidores poderão ser penalizados até com demissão a bem do serviço público, independente de eventuais responsabilidades criminais”, diz trecho da nota.

Na última sexta-feira (10), a CGE instalou sindicância administrativa justamente para apurar o possível envolvimento dos três servidores públicos.

Ao mesmo tempo, a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher também investiga criminalmente o caso. Os investigadores aguardam que o pedido de prisão seja analisado pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), o que, segundo a assessoria de imprensa do órgão, ainda não foi realizado.

Conforme a Bhaz apurou, os suspeitos integram os quadros da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional, Política Urbana e Gestão Metropolitana (Sedru); da Secretaria de Estado de Governo (Segov); e da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social (Sedese).

Os três possuem o cargo de Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental e recebem o salário bruto entre R$ 5,1 mil e R$ 6,4 mil, conforme dados do Portal da Transparência relativos a abril.

Avatar

Guilherme Scarpellini

Guilherme Scarpellini é redator de política e cidades no Portal Bhaz.

Comentários