Motorista do Uber faz desabafo em vídeo e conta detalhes de agressão sofrida na avenida Raja Gabaglia

Reprodução/YouTube

Na manhã deste domingo (31), um motorista do Uber divulgou um vídeo detalhando a dinâmica de uma agressão sofrida na Zona Sul de Belo Horizonte. Na gravação, Wilson Avelino, de 39 anos, relata que aceitou uma corrida para buscar jovens na saída de uma festa em uma casa de eventos na avenida Raja Gabaglia. Após buscar os clientes, o profissional fez um retorno na mesma via para seguir no sentido Centro.

Wilson ainda contou que ouviu um estampido, semelhante ao de um tiro. Ele acelerou para fugir da agressão. Logo depois, se certificou de que todos no carro estavam bem. Apenas o motorista ficou com o rosto machucado. “Deixei os clientes em casa. Ficaram preocupados comigo. Mas, graças a Deus, foi somente o vidro que bateu no meu rosto pela pressão do tiro”, contou.

Após deixar os clientes no bairro Jardim Atlântico, na região da Pampulha, o motorista encontrou dentro do carro uma esfera de metal. O boletim de ocorrência foi registrado na 6ª Companhia do 1º Batalhão de Polícia Militar. As autoridades acreditam que o projétil em questão tenha saído de uma arma caseira.

Wilson contou que não conseguiu identificar o autor do ataque. Ainda assim, devido ao histórico de rixas com taxistas e por se tratar de uma saída de festa, o motorista gravou um vídeo pedindo paz no trânsito.

Maira Monteiro
Maira Monteiromaira.monteiro@bhaz.com.br

Diretora-executiva do BHAZ desde junho de 2018. Participou do time que criou o portal, comandado por Pedro Guadalupe. Jornalista graduada pela PUC Minas, acumula mais de 12 anos de experiência em redações de veículos de imprensa e agências de comunicação especializadas em marketing digital.