Home Notícias Minas Gerais Canção ‘Oh, Minas Gerais!’ pode se tornar hino oficial do Estado

Canção ‘Oh, Minas Gerais!’ pode se tornar hino oficial do Estado

A canção popular “Oh, Minas Gerais!”, gravada em 1942 pelo compositor mineiro José Duduca de Moraes, pode se tornar o hino oficial do Estado. Uma PEC (Proposta de Emenda à Constituição) com esse teor tramita na ALMG (Assembleia Legislativa de Minas Gerais) e está pronta para ser votada em primeiro turno pelos deputados.

O objetivo da proposta é alterar um dos dispositivos da Constituição mineira, que previa a realização de concurso, em 1992, para a escolha do hino do Estado — o que, à época, não ocorreu com sucesso.

Na última quarta-feira (1°), a Comissão Especial da ALMG responsável por analisar a viabilidade da proposta emitiu um parecer recomendando aos deputados que reconhecessem a canção como hino oficial do Estado.

Para a proposta passar na Casa será necessário o aval de 3/5 dos 77 deputados (46 votos) em dois turnos de votação — a proposição é assinada por 32 parlamentares.

De acordo com deputado Isauro Calais (PMDB), um dos autores da PEC, dois concursos para a eleição de um hino oficial de Minas Gerais já foram realizados no Estado. No entanto, as canções concorrentes nos certames teriam sido desclassificadas por não se enquadrar aos critérios exigidos pela Constituição.

Dessa forma, segundo o parlamentar, o dispositivo constitucional que determina a realização de concurso para a escolha do hino teria perdido a validade, deixando o Estado sem um dos três símbolos previstos pela legislação mineira — o hino, o brasão e a bandeira.

O parecer favorável à proposta ainda precisa ser publicado no Diário do Legislativo para que seja inserido na pauta de votação do plenário da Casa.

‘Oh, Minas Gerais!’

Adaptada da valsa napolitana “Vieni sul mare”, a canção “Oh, Minas Gerais” foi gravada pela primeira vez no Brasil pelo compositor carioca Eduardo das Neves, em 1910. A versão brasileira seria uma homenagem à incorporação do navio “Minas Geraes” à esquadra da Marinha Brasileira, naquele ano.

Na década de 1940, a canção foi novamente alterada e regravada pelo compositor nascido em Itabira, na região Central de Minas Gerais, José Duduca de Moraes — conhecido como De Moraes. Dessa vez, o intuito era de homenagear o Estado.

Guilherme Scarpellini

Guilherme Scarpellini é redator de política e cidades no Portal Bhaz.

Comentários