Home Notícias BH Belo-horizontino faz apelo emocionado por ajuda para cuidar de animais

Belo-horizontino faz apelo emocionado por ajuda para cuidar de animais

“O pouco que eu tenho eu divido com a minha família e os bichos”, diz entre lágrimas o técnico em veterinária Franklin Oliveira, de 48 anos. Natural de Belo Horizonte, ele é o protagonista de um vídeo que viralizou e se transformou em um dos assuntos mais comentados por internautas da capital nas últimas horas. A gravação compartilhada no Facebook, nessa quarta-feira (24), trata-se de um desabafo e já foi vista por mais de 8 mil pessoas. Nela, o homem se emociona e pede ajuda para cuidar dos quase 100 cães e gatos que mantém em uma casa na Pampulha.

Ao Bhaz, Oliveira contou que desde os 12 anos sente uma paixão muito forte pelos animais e que, por tal  motivo, começou a resgatar cães e gatos nas ruas e a encaminhá-los para adoção. Ele explica que há 37 anos cuida dos animais com a ajuda de amigos e conhecidos, mas que, no último ano, muitos deles ficaram desempregados e a situação saiu do controle.

“Eu sempre contei com auxílio para manter a casa de passagem em funcionamento. Recebo doações de ração, medicamentos e outras ajudas necessárias para a saúde e alimentação deles [os bichos]”, diz. “Gravei o vídeo como um desabafo, um ato de desespero. O mais importante pra mim é ver a felicidade e o bem-estar desses animais. O meu objetivo é conseguir adotantes, famílias dispostas a dar amor e carinho”, pondera com a voz totalmente embargada.

Dono de uma banca de revista localizada na avenida Brasil – ela foi cedida por uma amiga -, o belo-horizontino teme ser despejado do imóvel onde fez morada para os pets antes abandonados. “Eu tenho três turnos de trabalho, de manhã cuido dos animais, de tarde trabalho na banca e a noite volto para cuidar deles novamente”, conta. “O aluguel está atrasado, contas de luz e água sem pagar. Fiz várias dívidas em prol de uma causa que sempre acreditei, mas cheguei a um limite de não conseguir me desdobrar”, explica. “Está insustentável”, crava.

Reprodução/Facebook

Oliveira relata que a paixão pelos animais é tanta que parou de comer carne há 37 anos, no mesmo período em que se comprometeu a ser um aliado da causa animal. “Eu dou a minha vida por uma causa que poucas pessoas dão a mínima. O pouco que eu tenho eu divido com a minha família e com os bichos”, revela entre lágrimas a promessa feita ainda na infância.

Na tentativa de conseguir apoio e ajuda para os animais, o técnico em veterinária vai realizar um mutirão neste fim de semana. No sábado (27) e no domingo (28), ele espera reunir o maior número possível de pessoas na casa de passagem localizada na Pampulha. O homem explica que prefere não passar o endereço do imóvel por temer que novos animais sejam abandonados na porta dele, como já ocorreu antes. Os interessados devem fazer contato por meio do Facebook.

Quem estiver disposto a ajudar também pode fazer doações de qualquer valor por meio das contas divulgadas nas redes sociais. São três bancos disponíveis. Veja abaixo:

CEF – Agência: 2333 – Cc: 45.001-9
Banco do Brasil – Agência: 3857-1 – Cc: 20.022-0
Itaú – Agência: 0637 – Cc: 62.754-8

Roberth Costa

Roberth Costa é publicitário, repórter e editor no Bhaz.

Comentários