Home Notícias BH Menos da metade dos camelôs confirmam ida para shoppings populares

Menos da metade dos camelôs confirmam ida para shoppings populares

camelôs convocação bh

Terminou nesta terça-feira (25) o prazo para que os camelôs sorteados pela Prefeitura de BH confirmassem a ida para os shoppings populares. Dos 1.134 ambulantes cadastrados, apenas 558 confirmaram interesse em ocupar as vagas temporárias oferecidas no centros comerciais Uai Centro e Uai O Ponto, em Venda Nova.

Em relação ao número total de vagas ofertadas pela Prefeitura (1547), esse número corresponde a um terço, uma vez que quando do sorteio das vagas, realizado no dia 6 de julho, 413 já ficaram ociosas por falta de interessados.

Os interessados assinaram um termo de ingresso e têm até 5 dias úteis – a partir da data de assinatura do contrato – para começar a trabalhar. Segundo a Secretaria de Serviços Urbanos, alguns ex-ambulantes já iniciaram os serviços.

Para as vendas, os comerciantes vão colocar bancas com suas mercadorias dentro dos centros comerciais durante de 4 meses e, somente depois dessa fase de transição, eles ocuparão os boxes. Esse período, segundo a secretária Maria Caldas, será de experiência para que eles possam se adaptar ao funcionamento dos shoppings e também funcionará como uma alternativa para a passagem entre a saída das ruas e a efetiva instalação dentro dos estabelecimentos.

Segundo a Prefeitura, também serão ofertadas vagas em cursos de qualificação social e profissional para transformar esses comerciantes em empreendedores. Os cursos serão realizados no âmbito do Programa Municipal de Qualificação, Emprego e Renda. Serão oferecidas 669 vagas em áreas como artesanato, informática, serviços e línguas. Os cursos serão totalmente gratuitos.

Prazo prorrogado para aderir às feiras

A Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) prorrogou, para o dia 11 de agosto, o prazo para os camelôs que foram cadastrados manifestarem interesse em vagas em feiras livres. O edital de licenciamento prevê a oferta de 105 vagas em feiras de frutas, legumes e afins. As oportunidades são exclusivas para os camelôs que foram cadastrados pela PBH. Os interessados devem protocolar a documentação na Secretaria Municipal Adjunta de Segurança Alimentar e Nutricional (Smasan), situada na Rua dos Tupis, 149, 3º andar, Centro.

O camelô pode se candidatar a duas vagas, desde que em dias diferentes da semana. Os documentos necessários são: cópias autenticadas de documento de identidade, do CPF, do comprovante de endereço, da Certidão de Quitação Plena (emitida pela Fazenda Municipal de Belo Horizonte) e da declaração (Anexo III do edital). A autenticação dos documentos mencionados acima poderá ser feita por cartório ou por servidor público municipal. Para tanto, basta que o interessado compareça à Rua dos Tupis, 149, 3º andar, Centro, munido do documento original e da cópia.

As dúvidas poderão ser retiradas por meio dos telefones 3277-4390 e 3277-4746 ou de Consulta Formal por escrito, em até dois dias antes da data fixada para entrega dos envelopes. Para consultar o edital clique aqui.

Da Redação e da PBH

Letícia Almeida

Letícia Almeida é redatora no Portal Bhaz

Comentários