Home Variedades Vazamento de fotos íntimas de famosos agitam a web; golfista e cantora são novas vítimas

Vazamento de fotos íntimas de famosos agitam a web; golfista e cantora são novas vítimas

Nos últimos dias, duas figuras conhecidas do grande público tiveram fotos íntimas divulgadas na internet. A cozinheira amadora Deborah Werneck, do MasterChef Brasil, e a atriz norte-americana Anne Hathaway, vencedora do Oscar por Os Miseráveis (2013), encabeçam a lista de personalidades que tiveram a intimidade exposta na rede. Nesta terça-feira (22), a cantora Miley Cyrus, o golfista Tiger Woods e a atriz Kristen Stewart se tornaram as novas vítimas da prática. A ex-mulher do jogador, Lindsey Vonn, também aparece nua em fotos vazadas na web.

Em uma das imagens vazadas, Miley aparece deitada e com os seios expostos ao lado da modelo Stella Maxwell, com quem já teve um breve relacionamento. Agora, Stella namora a atriz Kristen Stewart, que também pode ser vista como veio ao mundo, exibindo os seios e o bumbum, em fotos publicadas na web. Em outro clique, Miley foi flagrada urinando no meio da rua. Ainda não se sabe quando as fotos foram registradas, mas acredita-se que elas fazem parte da época em que Miley apresentava um estilo mais despojado e causava sempre que aparecia publicamente. Vale lembrar que a loira também já fez fotos nuas para o fotógrafo Terry Richardson.


Já Tiger Woods e Lindsey aparecem como vieram ao mundo. Nas imagens, eles podem ser vistos diante de um espelho com os rostos cortados. Por meio das redes sociais, a esquiadora profissional confirmou que são eles mesmos nas fotos e disse que já procurou as autoridades para tomar as medidas cabíveis. Segundo ela, os cliques foram feitos antes da separação do casal, ocorrida em 2015. ”É uma invasão escandalosa e desprezível de privacidade por parte de qualquer um que roube e ilegalmente publique fotos íntimas”, disse Woods à revista People.

‪Proud to launch new sites for TGR, Tiger Woods Ventures. Check out what we’re doing on and off the course. Link in bio.

Uma publicação compartilhada por Tiger Woods (@tigerwoods) em


No Brasil, o compartilhamento de fotos íntimas pode ser considerado como difamação ou injúria, de acordo com os artigos 139 e 140 do Código Penal. Já o artigo 241 do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) qualifica como crime grave a divulgação de fotos, gravações ou imagens de crianças ou adolescentes em situação de sexo explícito ou pornográfica. A pena prevista é de 3 a 6 anos de reclusão e multa. A invasão de computadores e outros dispositivos eletrônicos, por sua vez, está tipificada na lei 12.737, conhecida popularmente como Carolina Dieckmann.

Como denunciar?

Caso você tenha fotos íntimas divulgadas na internet sem consentimento, deve registrar um boletim de ocorrência junto à Polícia Militar (PM) e procurar uma Delegacia de de Repressão aos Crimes de Informática. Também é possível encaminhar denuncias ao Ministério Público Federal ou por meio da ONG Safernet, que trabalha em parceria com o órgão e com a Polícia Federal.

Em casos de menores de idade, as denúncias também podem ser feitas pelo Disque 100 da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República ou pelo aplicativo Proteja Brasil, que pode ser utilizado em tablets e smartphones e mostra onde se encontram os serviços de proteção integral dos direitos das crianças e adolescentes brasileiros.

Roberth Costa

Roberth Costa é publicitário, repórter e editor no Bhaz.

Comentários