Home Notícias BH Enfermeiros do Sofia Feldman entram em greve por falta de pagamento de salários

Enfermeiros do Sofia Feldman entram em greve por falta de pagamento de salários

Enfermeiros da Maternidade Sofia Feldman estão em greve desde o começo da manhã dessa sexta-feira (2). Ao Bhaz, o Sindicato dos Enfermeiros de Minas Gerais (SEE-MG) informou que a principal reivindicação da classe é o não pagamento dos salários e do 13º que até o momento não foi depositado.

Entre outras reivindicações está a falta de insumos para a realização do atendimento aos pacientes. “Nossa principal pauta é o próprio Sofia Feldman, pois o conjunto como um todo fica prejudicado com esta situação crítica”, disse os representantes do sindicato.

A Maternidade Sofia Feldman afirmou que o poder público ainda não solucionou o problema financeiro que é considerado por eles como “crônico”.

O sindicato ainda afirmou que a greve teve adesão de 100% da categoria. “Os enfermeiros estão trabalhando em escala mínima de 30%, a que é exigida pela lei, e em alguns casos 50%, onde o risco é maior”, afirmou a assessoria do sindicato. A questão financeira está afetando de tal forma os funcionários que alguns não estão tendo dinheiro para alimentação e transporte, conforme relato. “Tem funcionário que chega chorando no Sofia Feldman por falta de recurso financeiro”, conta.

Por conta disso, todos os funcionários realizarão, na próxima segunda-feira (5), um grande ato na porta da Maternidade com a população. Ainda sobre a greve, não há previsão para que ela seja encerrada.

Há 34 anos, a maternidade Sofia Feldman busca proporcionar às mães que elas vivenciem o nascimento do filho da melhor maneira possível. Para isso é oferecido assistência humanizada à gestante, ao recém-nascido e a família.

Destaque para as boas práticas baseadas em evidências científicas os métodos não farmacológicos de alívio à dor, que garantem o direito à analgesia medicamentosa. As gestantes também podem escolher o acompanhante livremente, além de contarem com doulas comunitárias.

Rafael D'Oliveira

Rafael.doliveira@bhaz.com.br

Comentários