Home Carreiras Que trabalhar fora? Portugal tem déficit de 40 mil profissionais no serviço hoteleiro

Que trabalhar fora? Portugal tem déficit de 40 mil profissionais no serviço hoteleiro

Se você é profissional da área de turismo e quer ter a oportunidade de trabalhar fora, não perca essa chance. Com a melhora do mercado de trabalho em Portugal, e a grande temporada turística que acontece neste momento, o país está contratando trabalhadores para atuar principalmente no serviço hoteleiro.

Com o “boom” do turismo, a economia cresceu 2,7% e o desemprego caiu 8,1%  em contraste com os 17,5% de 2013. Apesar da notícia de que o mercado de trabalho português estava em recuperação, alguns proprietários de hotéis se frustraram na busca por profissionais disponíveis. Por tal motivo, Portugal corre o risco de abalar um setor que representa quase 17% do produto interno bruto do país.

Se anteriormente sobravam trabalhadores no mercado de turismo no país, atualmente sobram vagas. Há um déficit de 40 mil profissionais para trabalhar em hotéis. A situação um tanto inusitada ocorre em consequência da escassez de trabalhadores capacitados no meio hoteleiro.

Em 2010, Portugal se encontrava em uma situação desesperadora e dezenas de hotéis estavam prestes a falir. Isso porque o país mergulhava em uma recessão; por este motivo, encontrar trabalhadores qualificados e acessíveis não era raro.

Hoje, o país está preste a entrar no chamado Verão Boreal, fazendo com que o setor hoteleiro comece a se preparar para o alto fluxo de visitantes e turistas. No ano anterior, Portugal teve um recorde de hóspedes na mesma época do ano. Foram 20,6 milhões de pessoas, número que equivale o dobro da população portuguesa.

O que fazer para trabalhar fora

É necessário que o interessado obtenha o visto de trabalho para começar a trabalhar em Portugal. Para conseguir o visto de trabalho, é preciso receber uma carta convite de trabalho ou contrato de trabalho do local de trabalho, preparar sua documentação para o visto e ir até um Consulado de Portugal no Brasil.

O interessado deve enviar o currículo na versão europeia (o modelo mais utilizado é o Europass) para os locais com oportunidades de trabalho abertas. Para mais informações e dúvidas, acesse o site do Consulado de Portugal em Belo Horizonte.

Marcella Oliveira

Publicitária e redatora do portal BHaz. [email protected]

Comentários