Home Notícias BH Chuva em BH traz cenário de destruição; carros arrastados, pessoas ilhadas

Chuva em BH traz cenário de destruição; carros arrastados, pessoas ilhadas

A chuva do fim da tarde desta sexta-feira (16) causou muitos transtornos em Belo Horizonte. Cenas de pessoas ilhadas, carros arrastados, quedas de árvores, desabamentos, momentos de desespero em um dia complicado para o belo-horizontino.

A região metropolitana registrou 45 ocorrências em decorrência das chuvas. A capital registrou pelo menos 28 pontos de inundações. Faltou luz em várias regionais da cidade e houve registro de granizo na Região Oeste.

As chuvas assustaram a população. Choveu 49,2 milímetros em 20 minutos (entre 16h50 e 17h10) na Regional Oeste, um terço do esperado para todo o mês de março. Na Pampulha, os ventos chegaram a 68 km/h.

A média histórica de março é de 163,5 mm. Em todas as regionais da capital, o histórico já foi superado, ainda na metade do mês. Veja:

Barreiro – 342,4 (209%)
Centro Sul – 460,2 (281%)
Leste – 384,6 (235%)
Nordeste – 393,4 (241%)
Noroeste – 423,6 (259%)
Norte – 226,2 (138%)
Oeste – 499,8 (306%)
Pampulha – 281,4 (172%)
Venda Nova – 255,4 (156%)

Uma casa desabou no Vila Primeiro de Maio, Região Norte, após o terreno ceder e duas mulheres foram soterradas. Os bombeiros foram acionados e as vítimas resgatadas com vida e levadas pelo SAMU para receber atendimento. Pelo menos um imóvel deverá ser interditado.

Alguns vídeos mostram o desespero por toda a cidade. As imagens fortes circulam por grupos e pelo Facebook.

Homem se desespera para tentar salvar carro na Barão Homem de Melo com Silva Lobo; outro tenta salvar o cavalo. (Créditos: Corpo de Bombeiros)

Carros são arrastados na rua Francisco Sá, no Prado.

A avenida Bernardo Vasconcelos, na região Nordeste, também foi castigada pela chuva.

Comentários

Vitor Fernandes

Vitor Fernandes

Jornalista e redator no Portal Bhaz

Carregar mais em BH