Soldado da PM em estado grave após levar tiro no rosto dentro de batalhão

Uma soldado da Polícia Militar (PM) precisou ser levada às pressas para o Hospital João XXIII, na região Centro-Sul de Belo Horizonte, neste sábado (26) depois de levar um tiro no rosto. Ela foi baleada dentro do 11º Batalhão, por volta de 1h, por outro policial. As primeiras informações dão conta de que o disparo ocorreu de forma acidental.

No boletim de ocorrência, testemunhas relataram que os militares chegaram à sala de intendência em um microonibus para fazer o desarmamento. Eles ficaram em uma fila e, de dois em dois, entraram no local.

A soldado estava acompanhada por outro militar. O oficial entregou uma pistola .40, uma tonfa e uma algema. Na sequência, foi a vez da vítima. Ela teria sido atingida após retirar a munição do carregador da arma que usa e entregá-la para o responsável pelo recolhimento.

A PM foi atingida no rosto e, inicialmente, encaminhada para uma UPA. Na unidade de saúde, sofreu uma parada cardíaca e foi transferida de helicóptero para o João XXIII após ter o pulso recuperado por manobras de ressuscitação.

O militar responsável pela intendência foi detido para prestar esclarecimentos. O caso será investigado.

Roberth Costa
Roberth Costaroberth.costa@bhaz.com.br

Editor do BHAZ desde junho de 2018 e repórter desde 2014. Participou do processo de criação do portal no ano de 2012. É formado em Publicidade e Propaganda pela Faculdade Promove de Belo Horizonte e tem como foco a editoria de Cidades.