Home Colunas Orion Teixeira [Coluna do Orion] Em plena Copa do Mundo, Mineirão será palco de teste e disputa para candidatos a governador

[Coluna do Orion] Em plena Copa do Mundo, Mineirão será palco de teste e disputa para candidatos a governador

Essa será a primeira exposição e teste para os possíveis futuros candidatos a governador (alguns, talvez, não deverão ser, pois estão naquela fase de conversações, ausculta) na disputa pelo apoio dos 853 prefeitos mineiros. E será um teste qualificado para uma audiência igualmente qualificada durante o 35º Congresso Mineiros dos Municípios. O evento é o maior encontro municipalista do país, promovido pela Associação Mineira de Municípios (AMM), e acontecerá nos dias 19 e 20 de junho, em Belo Horizonte, no Mineirão.

Será o 1º encontro deles com os prefeitos mineiros, que têm forte influência perante os eleitores de suas cidades e estão em um momento de muita insatisfação com a administração estadual, por conta dos reflexos diretos sobre a administração deles em função dos consecutivos atrasos nos repasses constitucionais de impostos e investimentos estaduais e da crise econômica.

O tema deste ano será “Cidades: é aqui que eu vivo! O município é de todos”, enfatizando a importância da gestão municipal para o cidadão e apresentando as melhores ferramentas e caminhos para uma gestão eficaz.

O encontro dos pré-candidatos acontecerá na manhã do dia 20. Já confirmaram as presenças oito deles: Fernando Pimentel (PT), Dirlene Marques (PSOL), João Batista dos Mares Guia (Rede), Antonio Anastasia (PSDB), Romeu Zema (Partido Novo), Rodrigo Pacheco (DEM) e Marcio Lacerda (PSB).

Não haverá um confronto, um debate entre eles; cada um terá a oportunidade de falar e apresentar suas propostas para os municípios e responder a três perguntas da AMM, voltadas para as questões de interesses dos municípios, dos prefeitos. As regras já foram definidas pela direção da AMM junto com as assessorias dos pré-candidatos.

O painel terá a mediação do presidente da AMM, 1º vice-presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM) e prefeito de Moema (Oeste), Julvan Lacerda. “Além de conhecer as propostas de governo, a expectativa da AMM é obter do futuro governador o compromisso com a causa municipalista”, antecipou Julvan Lacerda.

Além do painel com os pré-candidatos ao governo, os presidenciáveis também terão seu espaço para expor suas propostas aos participantes do congresso, no dia 19, a partir das 14h. Os eventos serão transmitidos ao vivo pelo BHAZ, que é o portal oficial do congresso.

Antes desse teste, os pré-candidatos farão outro, desta vez, para outro público, majoritariamente de empresários, durante a nona edição do evento Conexão Empresarial, que começa a partir desta quinta (14) e vai até domingo na histórica Tiradentes. Passarão por lá, os candidatos a governador e a presidente também. Ou seja, em plena Copa do Mundo, a bola também vai rolar na política eleitoral mineira.

TSE divulga cartilha contra Fake News

O Tribunal Superior do Trabalho (TSE) divulgou, na terça (12), cartilha com as novas regras eleitorais para propaganda eleitoral na internet, principalmente, nas redes sociais. Para frear o Fake News, proibiu o uso de perfis falsos e de robôs (dispositivo para impulsionamento). Também será proibido o uso de impulsionamento de conteúdos apenas para desconstruir a imagem de outros candidatos. Os responsáveis pelas infrações ficarão sujeitos à multa de R$5 mil a R$30 mil ou o dobro do valor despendido na infração, caso este supere o limite máximo da multa.

Saiba mais no link.

(*) Jornalista político; leia mais no www.blogdoorion.com.br

Orion Teixeira

Orion Teixeira

*Jornalista político, Orion Teixeira recorre a sua experiência, que inclui seis eleições presidenciais, seis estaduais e seis eleições municipais, e à cobertura do dia a dia para contar o que pensam e fazem os políticos, como agem, por que e pra quem. É também autor do blog que leva seu nome (www.blogdoorion.com.br), comentarista político da TV Band Minas e da rádio Band News BH e apresentador do programa Pensamento Jurídico das TVs Justiça e Comunitária.

Comentários