Home Variedades O intrigante caso do homem que cozinhou e comeu o próprio pé; IMAGENS FORTES

O intrigante caso do homem que cozinhou e comeu o próprio pé; IMAGENS FORTES

O que você faria se recebesse um convite para comer uma refeição preparada com parte de um corpo humano, um pé mais especificamente? Onze pessoas disseram sim e toparam viver a experiência. Inusitado? Fica mais! O almoço foi feito pelo homem que perdeu o membro. O caso ocorreu nos Estados Unidos, ainda em 2016, mas veio a público somente nesta semana.

De acordo com o Metro, um norte-americano identificado apenas como IncrediblyShinyShart cozinhou o próprio pé depois de perdê-lo em um acidente de moto. Ele chamou 11 amigos para o jantar especial e eles toparam. Inicialmente, o homem queria transformar o membro em um objeto de decoração, mas desistiu pelo alto valor cobrado.

Para levar o pé amputado para casa, o protagonista deste impressionante caso precisou enfrentar alguns procedimentos legais. “Lembro de ter ido buscá-lo na clínica com a minha mãe, foi bizarro. Confesso que, de início, fiquei enojado porque ele estava com muito sangue e cheio de iodo, mas depois que fiz a limpeza, o achei bem apetitoso”, contou à publicação.

Reprodução/IncrediblyShinyShart

“As pessoas acham que tem gosto de carne de porco, mas descobri que é mentira. Acho que isso é influência dos filmes que assistimos. A carne do meu pé não era muito gordurosa e tinha um sabor forte parecido com o da carne de javali”, explicou. “Apesar de agradável, a experiência não foi das melhores. Ainda assim achei muito melhor do que um cachorro quente ou um hambúrguer convencional. Dou nota 6,5 de 10 para essa receita”, concluiu.

Segundo IncrediblyShinyShart, a ideia de fazer do pé uma refeição foi baseada na crença religiosa de que se a pessoa comer suas partes amputadas, depois de sua morte, voltará a ser “inteira”. A carne do pé dele foi usada para rechear tacos. O tempero incluía cebolas caramelizadas, pimentões e muito limão.

Roberth Costa

Roberth Costa é publicitário, repórter e editor no Bhaz.

Comentários