Home Notícias BH Uso e venda de linha chilena em Belo Horizonte pode gerar multa de até R$ 4 mil

Uso e venda de linha chilena em Belo Horizonte pode gerar multa de até R$ 4 mil

Armazenar, comercializar, distribuir e usar linha chilena, assim como qualquer substância cortante em linhas de empinar papagaio está a um passo de ser proibido em Belo Horizonte. Isso, pois os vereadores aprovaram o Projeto de Lei (PL) 313/17 que proíbe o uso deste tipo de material.

Os acidentes envolvendo cortes de gravidades variáveis fez com que o vereador Hélio Medeiros (PHS) apresentasse o PL na Câmara Municipal. Caso o prefeito Alexandre Kalil (PHS) sancione a lei, as pessoas que usarem cerol e linha chilena serão multadas em R$ 2 mil. O valor da multa será ainda maior caso aconteça a armazenação ou comercialização: R$ 4 mil. Se a pessoa for reincidente, o cálculo da multa será dobrado.

Sobre a fiscalização, ficará sob a responsabilidade da PBH e Guarda Municipal durante o patrulhamento. Para conscientizar a população o PL sugere a realização de campanhas que esclareçam os perigos pelo uso da linha chilena e das substâncias cortantes para empinar pipas, papagaios e similares.

Com CMBH

Vitor Fórneas

Vitor Fórneas

Jornalista no Portal Bhaz

Comentários

Carregar mais em BH