Home Notícias BH Médica do ‘bando da degola’ é presa; foi condenada por seis crimes

Médica do ‘bando da degola’ é presa; foi condenada por seis crimes

Policiais militares de São Paulo prenderam a médica Gabriela Corrêa Ferreira da Costa de 34 anos, nessa terça-feira (10), em Diadema. Ela foi condenada por participar de assassinatos cometidos pelo “bando da degola”, ainda em 2010. Na ocasião, dois empresários foram sequestrados, extorquidos e mortos. Pelo menos oito pessoas foram acusadas pelo crime. Os corpos de Fabiano Ferreira Moura e Rayder Santos Rodrigues foram abandonados em Nova Lima, Grande BH. Para dificultar as buscas, o grupo decapitou e queimou as vítimas.

De acordo com a Polícia Militar (PM), uma denúncia anônima levou os militares até o paradeiro de Gabriela. A médica foi condenada a 46 anos e seis meses de prisão por formação de quadrilha, cárcere privado, homicídio triplamente qualificado, destruição e ocultação de cadáver, além de extorsão.

Divulgação/PolíciaCivil

Ao ser condenada, em 2015, a mulher admitiu saber que o bando havia sequestrado as vítimas. No entanto, negou que tenha participado dos homicídios. Ela respondia em liberdade, mesmo após condenada. Em junho deste ano, a Justiça mineira determinou que a médica fosse detida para cumprir a pena.

Os empresários mortos pelo “bando da degola” estariam envolvidos em estelionato e em atividades de contrabando de mercadorias importadas. Eles matinam várias contas bancárias nos próprios nomes para movimentar grandes quantias de dinheiro.

Roberth Costa

Roberth Costa é publicitário, repórter e editor no Bhaz.

Comentários