Home Notícias Política PT deixa caminho livre para PSB escolher segundo nome ao Senado

PT deixa caminho livre para PSB escolher segundo nome ao Senado

A ata mais aguardada da disputa eleitoral em Minas Gerais – a do PT – foi, enfim, revelada nesta terça-feira (7). Apesar do registro ter sido realizado na noite de ontem, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MG) só disponibilizou a definição da convenção petista no fim desta tarde. O documento era esperado no meio político porque revela a estratégia do partido que respinga diretamente no PSB após impasse causado pelo socialista Marcio Lacerda.

A ata confirma o que foi adiantado pelo Bhaz: o Partido dos Trabalhadores deixou caminho livre para o PSB definir quem vai encabeçar a segunda vaga ao Senado. Oficialmente, quem ocupa essa posição é a presidente da sigla em Minas, Cida de Jesus. Mas, segundo interlocutores do partido, a definição se trata de uma candidatura provisória e não deve ser confirmada até o dia 15 de agosto, data limite para o registro das candidaturas.

A informação é baseada no acordo nacional entre PT e PSB que retira a candidatura de Marcio Lacerda ao Governo de Minas e dá direito ao partido socialista a indicação de um nome da sigla ao Senado na chapa petista. Lacerda seria o mais cotado, mas o ex-prefeito de BH nega que vai apoiar Pimentel e se mantém firme na candidatura ao Governo de Minas, em pé de guerra com seu partido.

O partido encontra-se dividido internamente. Com isso, o PSB registrou duas atas no TRE, uma colocando Lacerda como candidato e outra, que a assessoria do ex-prefeito nega conhecimento, registrando o apoio ao PT.

Segundo fontes ligadas ao PSB, a aliança com o PT seguirá firme, independentemente da resistência de Lacerda. Porém, um novo nome já é trabalhado para indicação na chapa petista: seria o ex-embaixador, Tilden Santiago.

Já Lacerda, caso não consiga registrar sua candidatura e não aceite disputar o Senado na chapa do PT, pode se tornar coordenador de campanha de uma candidatura de seu vice, Adalclever Lopes (MDB).

Comentários