Home Notícias Minas Gerais ‘Tudo tremeu’, diz moradora sobre explosão de gasômetro na Usiminas

‘Tudo tremeu’, diz moradora sobre explosão de gasômetro na Usiminas

A explosão em um gasômetro da Usiminas, no começo da tarde desta sexta-feira (10), assustou os funcionários da siderúrgica e alterou a rotina dos moradores de Ipatinga, no Vale do Aço.

Ao Bhaz, um técnico de manutenção elétrica, que pediu para não ter seu nome ser divulgado, disse que voltava do almoço com os demais profissionais do setor quando ouviu o estrondo. “Estávamos no bairro Bom Retiro e ouvimos o barulho, porém não sabíamos o que tinha acontecido. Ao chegarmos na usina, fomos impedidos de entrar e informados da explosão”, contou.

Do lado de fora da usina, os funcionários aguardaram orientações de supervisores, uma vez que a área foi evacuada. “Acredito que seremos liberados, pois não há condições para trabalho”, relatou.

Há 10 anos na siderúrgica, o técnico em manutenção disse que uma explosão como essa nunca tinha ocorrido até então. A informação de que não houve vítimas fatais foi um tranquilizadora para os funcionários, conforme contou o técnico.

Funcionários ainda contaram que o gasômetro tem mais de 100 metros de altura e 50 metros de diâmetro. “Foi uma explosão muito grande, o deslocamento de ar derrubou vários escritórios dentro da usina”, contou outro funcionário, que também preferiu não se identificar.

“A explosão foi mais o menos às 13h. Eu estava no Centro, que fica bem perto da usina, quando comecei a ver uma fumaça intensa vindo da coqueria da Usiminas. Tudo tremeu, alguns estabelecimentos tiveram vidros e telhados destruídos”, contou ao Bhaz, a estudante Jéssica Carvalho de Lima, de 17 anos.

Segundo a moradora Júlia Porto, a cidade fica no entorno da Usina, ocupando quase que toda sua extensão. “Partes da Usina estão localizadas no Centro da cidade, a cerca de 200m das lojas e a 100m da prefeitura e do Fórum.”

Repercussão na web

Pelas redes sociais, usuários relatam o susto sofrido com a explosão. Durante a apresentação musical, em uma instituição de ensino, é possível ouvir, ao final do vídeo, o barulho da explosão.

Vitor Fórneas

Vitor Fórneas

Jornalista no Portal Bhaz

Comentários