Home Notícias Minas Gerais ‘Tarado de Ipatinga’: Empresário que se masturbava na porta de escolas há quatro anos é preso

‘Tarado de Ipatinga’: Empresário que se masturbava na porta de escolas há quatro anos é preso

Um empresário de 36 anos foi preso na tarde dessa quarta-feira (7) após se masturbar em frente a uma escola estadual no horário em que alunos entravam no colégio, na cidade de Ipatinga, no Vale do Aço. O homem já era conhecido pela população local como “O Tarado”, pois, segundo testemunhas, desde 2014, vem cometendo o mesmo crime na porta de diversas unidades de ensino da região sem ser preso. Às 20h30, a Polícia Civil informou que o suspeito foi ouvido, liberado e responderá pelo crime de importunação sexual em liberdade.

Ao menos três boletins de ocorrência foram registrados contra Andrey Jackson de Almeida nos últimos anos – sendo que, nesses registros, são citados outros flagrantes. Em um deles, inclusive, o homem foi visto se masturbando na porta de uma creche da cidade, que atende crianças de seis anos. Em outro, ele estava diante de uma praça pública de Ipatinga, próxima de uma escola onde estudam adolescentes de até 14 anos.

Já no dia 20 de agosto, o empresário foi flagrado em um Audi preto se masturbando, mais uma vez, em frente a uma unidade de ensino – desta vez, no bairro Iguaçu. Nessa ocasião, o suspeito foi filmado por uma testemunha (um frame desse vídeo ilustra a foto de capa desta reportagem). Entretanto, na época, Almeida não foi localizado e nem preso.

Prisão

Na tarde de ontem, o suspeito parou o carro na porta de entrada de uma escola no bairro Cidade Nobre e começou a se masturbar diante de um grupo de alunas de aproximadamente 14 anos. A ocorrência ainda dá conta de que, durante o ato, o empresário convidou as estudantes para entrar no veículo.

Algumas alunas denunciaram o ocorrido à coordenadora da escola, que acionou a PM. Os policiais fizeram um cerco na região e conseguiram encontrar o carro de luxo onde o homem estava. Dentro do veículo do suspeito foi encontrada a quantia de R$ 11 mil. Em seu nome, encontram-se registradas na Receita Federal dois restaurantes dos quais ele é sócio.

O homem foi preso em flagrante e o dinheiro foi entregue a um sócio que compareceu ao local e também se responsabilizou pelo veículo. O celular do homem foi apreendido e encaminhando para a Polícia Civil realizar a investigação. Após ser ouvido, nesta quinta-feira (7), ele foi liberado e responderá ao crime em liberdade. De acordo com a Polícia Civil, ele não tem antecedentes criminais.

Criminoso conhecido

Uma testemunha, que não quis se identificar, disse ao BHAZ que os pais e moradores da região já estavam atentos à aparição do Tarado. “Ele sempre apareceu em carros diferentes nos últimos quatro anos, dificultando que a polícia o encontrasse. Além disso, quando as pessoas o avistavam se masturbando, ele trocava de escola. Mas mantinha o alvo, que são crianças de até 14 anos”, conta.

Em uma das ocorrências registradas pela Polícia Militar em 2016, os policiais chegaram a se deslocar até a residência do homem, porém ele não foi localizado. Além disso, nos registros, as vítimas descrevem diferentes veículos usados pelo homem.

O BHAZ tentou contato com pessoas ligadas ao suspeito preso e com a rede de restaurantes da qual ele é sócio. Porém, não conseguimos contato com os responsáveis nem o retorno dos mesmos até o fechamento desta matéria.

Comentários