Home Veículos Acelera aí [Acelera Aí] Na série especial Midnight do Chevrolet Tracker, até a gravatinha é preta

[Acelera Aí] Na série especial Midnight do Chevrolet Tracker, até a gravatinha é preta

A série especial do SUV compacto da GM (já lançada na picape S10) traz um pacote que inclui roupagem esportiva na cor preta, que não deixa de fora nem a gravatinha da Chevrolet. Além do visual, destacam-se na lista de equipamentos o alerta de tráfego traseiro, o sensor de ponto cego, os controles eletrônicos de tração e estabilidade, o OnStar e o sistema multimídia.

Teste Tracker Black 1

Assim como fez com a picape S10, a GM também desenvolveu uma série especial Midnight para o Tracker. A inspiração é a mesma: deixar que a esportiva cor preta predomine no veículo por fora e por dentro. Assim, a série inclui carroceria, maçanetas das portas e friso da tampa traseira na cor metálica Preto Ouro Negro.

Até a gravatinha é preta

Para completar o visual no mesmo tom, os faróis ganharam máscara negra, as rodas de liga (nessa série têm desenho exclusivo e são de 18 polegadas) também foram pintadas de preto. Nem o tradicional símbolo da marca Chevrolet, a gravatinha, escapou e ganhou miolo na cor preta. O nome “Midnight” está estampado na tampa traseira.

Teste Tracker Black 2

O interior do Tracker Midnight segue a mesma inspiração, predominando a cor escura, que está presente no revestimento do bancos, no volante, portas e painel, que combina bem com os acabamentos imitando metal no volante, painel central e console. Vale ressaltar o acabamento de boa qualidade e o bonito desenho (em curvas suaves) do painel.

Teste Tracker Black 3

Bom campo de visão

É fácil encontrar uma boa posição de dirigir e o motorista tem um bom campo de visão. Para compensar a pouca visibilidade traseira, o motorista conta com sensor de estacionamento e câmera de ré, importantes para a segurança. O espaço oferece conforto para quatro adultos e uma criança. A capacidade do porta-malas é um pouco limitada.

Teste Tracker Black 4

O preço acima de R$ 100 mil pode assustar, mas o Tracker Midnight, que é vendido como um pacote fechado, tem uma a ampla e bem completa lista de equipamentos de conforto e segurança (veja a lista no final do texto), com destaque para o alerta de movimentação traseira (muito importante para avisar o motorista quando ele está manobrando para sair de uma vaga em um shopping e vem vindo um carro, por exemplo), Sistema Isofix e Top Tether para fixar cadeiras infantis, alerta de ponto cego, controles de tração e estabilidade e o sistema multimídia Chevrolet MyLink, que é bem completo. Além de um sistema de som de alta qualidade, com seis alto-falantes.

Teste Tracker Black 5

O motor 1.4, com turbo e injeção direta de combustível, é bem eficiente. Como o torque máximo está disponível em baixas rotações, o Tracker fica bem ágil no trânsito urbano e seguro para retomadas de velocidade (leia-se ultrapassagens) nas estradas de pista única, por exemplo.

Consumo razoável

O consumo é bem razoável para um carro que pesa quase uma tonelada e meia: com gasolina, só motorista, na estrada, com ar ligado, o computador de bordo registrou médias em torno de 15km/l. No trânsito urbano, contando com a ajuda do sistema start/stop (que desliga o motor durante as paradas) o nível de consumo (nas mesmas condições) também foi bom: médias de 10,4km/l.

Teste Tracker Black 7

O câmbio automático de seis velocidades faz uma boa dupla com o motor 1.4 e apresenta trocas e funcionamento suaves. Mas falta aletas junto ao volante para facilitar as trocas manuais. A suspensão consegue garantir uma boa estabilidade mesmo nas curvas mais fechadas e de piso irregular, sem sacrificar o conforto.

Texto e fotos: Eduardo Aquino

Teste Tracker Black 6

Ficha Técnica

Motor – Dianteiro, transversal, quatro cilindros em linha, 1.4, 16V, com turbo e injeção direta de combustível, flex, que gera potências de 150cv (gasolina) a 5.600rpm e de 153cv (etanol) a 5.200rpm e torques de 24kgfm (gasolina) a 2.100rpm e de 24,5kgfm (etanol) a 2.000 rpm

Transmissão – Tração dianteira, câmbio automático de seis velocidades

Direção – Com assistência elétrica

Suspensão – Dianteira, independente, do tipo McPherson; e traseira, semi-independente, com eixo de torção

Dimensões – Comprimento, 4,25m; largura, 1,77m; altura, 1,67m; e entre-eixos, 2,55m

Freios – Disco ventilado na dianteira e tambor na traseira

Rodas e pneus – Rodas de liga leve, calçadas com pneus 215/55 R18

Porta-malas – 306 litros

Tanque – 53 litros

Peso (em ordem de marcha) – 1.413 quilos

Teste Tracker Black 8

Principais equipamentos – Alerta de movimentação traseira (em marcha ré), alerta de ponto cego, controles de tração e estabilidade, faróis e lanterna de neblina, luzes diurnas em LED, regulagem de altura dos faróis, Sistema Isofix e Top Tether para fixar cadeiras infantis, rack de teto, rodas de liga de 18 polegadas, assistente de partida em subida, coluna de direção com regulagem em altura e distância, computador de bordo, controle automático de velocidade, porta-objetos embaixo do banco do passageiro, sensor de estacionamento traseiro, sistema stop/start, teto solar elétrico, Chevrolet MyLink, com Tela LCD sensível ao toque de sete polegadas (integração com smartphones através do Android Auto e Apple CarPlay) e acabamento interno na cor Preto “Jet Black”.

Preço – R$ 103.000

Acelera Ai

Acelera Ai

Jornalistas Eduardo Aquino e Luís Otávio Pires são os editores do site Acelera Aí e da seção veículos do portal Bhaz

Comentários