Home Notícias Brasil ‘Grave problema’, diz Carrefour após morte de cachorro espancado em estacionamento de loja

‘Grave problema’, diz Carrefour após morte de cachorro espancado em estacionamento de loja

Internautas de diferentes regiões do país seguem repercutindo o caso de um cachorro que morreu após ser agredido no estacionamento de uma unidade do Carrefour, em Osasco (SP), na quinta-feira (29). As circunstâncias que terminaram com a morte do animal são investigadas pela Delegacia de Meio Ambiente da cidade.

Nesta terça (4), a rede de supermercados divulgou uma nova nota sobre a situação – a terceira desde que denúncias começaram a viralizar pelas redes sociais (leia abaixo). E uma figura famosa juntou-se às reivindicações para que o agressor do cão não fique impune. Um funcionário da segurança apontado como responsável pelo crime foi afastado.

Tatá Werneck endossa pedidos para que morte de cachorro não fique impune (Reprodução/Instagram)

O inquérito para investigar as circunstâncias da morte do cachorro foi aberto nessa segunda-feira (3). Ao BHAZ, a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP) explicou que membros do Departamento de Fauna e Bem-Estar Animal de Osasco entraram com o pedido junto às autoridades. Segundo a denúncia, que depois viralizou pelas redes sociais, o cachorro foi agredido após um funcionário do Carrefour ser orientado a retirá-lo do estacionamento do local.

Imagens que mostram o animal ao lado de manchas de sangue repercutiram em grande proporção ao longo do último fim de semana, o que fez com que ONG’s e ativistas de todo o país reagissem. Segundo a Polícia Civil, nenhuma hipótese pode ser descartada até que as investigações sejam concluídas. Mas, relatos apontam que o cachorro teria sido envenenado e morto a pauladas. A confirmação deveria partir de um laudo, mas o cão foi cremado.

A cremação ocorreu por um desencontro de informações, que levou o Centro de Controle de Zoonoses da cidade a acreditar que cachorro havia sido atropelado. A gerência do Carrefour foi ouvida e outros funcionários serão chamados para depor junto à Polícia Civil. A equipe responsável pela segurança da unidade no dia das agressões contra o cachorro foi afastada.  Por meio de nota, o Carrefour afirmou, em um primeiro momento, repudiar “qualquer tipo de maus-tratos contra animais”. Nesta terça, um novo comunicado foi emitido.

Nota do Carrefour

“O Carrefour reconhece que um grave problema ocorreu em sua loja de Osasco. A empresa não vai se eximir de sua responsabilidade. Estamos tristes com a morte desse animal. Somos os maiores interessados para que todos os fatos sejam esclarecidos. Por isso, aguardamos que as autoridades concluam rapidamente as investigações. Qualquer que seja a conclusão do inquérito, estamos inteiramente comprometidos na reparação desse dano”.

Tatá Werneck “invade” Instagram do Carrefour

Nesta terça-feira (4), Tatá Werneck fez uma série de comentários na conta do Carrefour no Instagram a respeito da morte do cachorro. A atriz e apresentadora mostrou-se revoltada com a situação e acusou os responsáveis pelo perfil de apagar coisas escritas por ela. Mais tarde, a famosa gravou vídeos na mesma rede social ainda sobre o assunto. Assista!

Roberth Costa

Roberth Costa é publicitário, repórter e editor no Bhaz.

Comentários