Home Notícias Brasil Transexual é morta em ponto de prostituição após negar programa

Transexual é morta em ponto de prostituição após negar programa

Uma transexual de 20 anos foi assassinada na madrugada deste domingo (9) em Rondonópolis, no Mato Grosso. Testemunhas contaram à Polícia Militar (PM) que a jovem estava em um ponto de prostituição e teria sido morta por um suposto cliente após negar um programa.

O crime aconteceu próximo ao Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do bairro Novo Horizonte. Moradores ouviram um barulho de disparo de arma de fogo. Um veículo Siena, cor prata, foi visto saindo do local após aproximar da jovem. O motorista estaria interessado em fazer um programa.

O autor do crime teria dito que trabalhava na Polícia Federal (PF). Segundo testemunhas, a jovem se negou a atendê-lo e, na sequência, foi baleada.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) atendeu a vítima prestando os primeiros socorros e a levou ao Hospital Regional. Ela não resistiu aos ferimentos.

Um procedimento investigatório foi aberto pela Delegacia Especializada de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP). O suspeito ainda não foi preso.

Vitor Fórneas

Vitor Fórneas

Jornalista no Portal Bhaz

Comentários